Seu site não está com bons resultados? – Principais Causas

Ter um site que traz bons resultados, quase sempre, não é uma tarefa simples e fácil. É preciso muita dedicação, trabalho duro, conhecimento, avaliação de métricas e atualização e, mesmo assim, ter tudo isso não é garantia de nada.

O que eu quero dizer com tudo isso é que as variáveis para ter sucesso com um site são enormes.

Se você tem um site, que por mais que você faça, ele não está com bons resultados, não precisa se desesperar nem desacreditar esse setor. Fique calmo, talvez o problema não esteja exatamente no que você não faz e sim no que você está fazendo.

 

Seu site não está com bons resultados,

 

Você sabia que uma das principais causas para o site não estar com bons resultados é o cometimento de erros?

Se não sabia, agora sabe e é bom ficar muito atento a isso.

Bem, se o seu site não está atraindo o volume de conversões que a sua meta estipula, de acordo com as ações que você

Seu Site Não Está Com Bons Resultados? – Principais Causas

Ter um site que traz bons resultados, quase sempre, não é uma tarefa simples e fácil. É preciso muita dedicação, trabalho duro, conhecimento, avaliação de métricas e atualização e, mesmo assim, ter tudo isso não é garantia de nada.

O que eu quero dizer com tudo isso é que as variáveis para ter sucesso com um site são enormes.

Se você tem um site, que por mais que você faça, ele não está com bons resultados, não precisa se desesperar nem desacreditar esse setor. Fique calmo, talvez o problema não esteja exatamente no que você não faz e sim no que você está fazendo.

Você sabia que uma das principais causas para o site não estar com bons resultados é o cometimento de erros?

Se não sabia, agora sabe e é bom ficar muito atento a isso.

Bem, se o seu site não está atraindo o volume de conversões que a sua meta estipula, de acordo com as ações que você executa, esse conteúdo é para você.

Como eu te disse acima, a causa para o seu problema pode estar escondida em pequenos pontos da estrutura do seu site.

Confira tudo a seguir.

 

Seu site Não Está Com Bons Resultados? – Causa #1 Site Desorganizado

Quase sempre o seu site representa praticamente uma das últimas etapas do funil de conversões, certo?

Isso significa que ele é muito importante para que você atinja bons resultados e com base nisso, você deve prestar muito atenção na composição organizacional dele.

Responda-me:

  • O que adianta você atrair clientes em potencial, se na hora que eles acessam o seu site, eles não conseguem executar nenhuma ação de forma simples e clara?

Quando me refiro a ações executadas pelos consumidores em potencial, quero dizer as ações cruciais para a conversão, ou seja, encontrar os produtos, verificar informações sobre eles, comprar.

 

Seu site não está com bons resultados

 

Tenha certeza que se o cliente abrir o seu site e não encontrar facilmente o que procuram, eles simplesmente irão embora e comprarão do primeiro concorrente que se apresentar de forma organizada.

Por isso, coloque-se no lugar do consumidor e organize o seu site. Entregue um site com boa navegabilidade, com informações claras e acessíveis em dois ou três cliques.

Tenha em mente que quando alguém está pesquisando sobre algo que lhe interessa, há grandes chances dele abrir mais de uma opção de site.

Com isso, se nos primeiros segundos, o seu site não mostrar claramente que pode suprir facilmente a necessidade do consumidor, ele simplesmente irá para a outra opção.

Dica Extra: Na home do seu site, deixe uma apresentação curta, simples e direta sobre o que o seu negócio oferece.

 

Seu site Não Está Com Bons Resultados? – Causa #2 Quem Somos

Pode ser que em meio a estudos sobre o mercado digital, você tenha recebido a informação de que a página “Quem Somos” não era tão importante, afinal, esse não é um setor tão corporativo para ficar contando a história inteira da sua empresa.

Bem, essa informação é verdadeira, mas não totalmente, isso porque essa página tem grande importância, apesar de pedir uma linguagem mais direcionada para o público alvo da marca.

Por conta dessa confusão de informações, muitos sites não tem uma página “Quem somos” e por isso sofrem de um problema que afeta diretamente o volume de conversões.

Sabe do que eu estou falando? A falta de confiança por parte do consumidor.

A página “Quem Somos” é uma das mais acessadas em um site, isso porque o consumidor quer saber com quem está fazendo negócio, se a sua empresa é confiável, se possui referências.

Quando você não oferece essas informações, deixa o potencial consumidor totalmente desconfiado e desinformado. Colocando em risco as suas conversões.

Se você não tem a página “Quem Somos” é hora de criá-la. Para isso, busque estudar o seu público alvo e entender a linguagem que mais se adéqua a eles.

Geralmente, por ser um ambiente menos formal, é interessante investir em textos e informações direcionadas, sem aquele negócio cansativo da história da empresa contada em 300 páginas.

Se você tiver uma empresa física, tire fotos de alta qualidade e mostre o seu ambiente de trabalho, isso poderá transmitir mais confiança para o interessado.

 

Seu site não está com bons resultados.

 

Seu site Não Está Com Bons Resultados? – Causa #3 Fotos Mal Feitas

Pode parecer besteira, mas você sabia que a qualidade das imagens expostas no seu site pode influenciar o seu potencial consumidor a executar a conversão?

Pode tirar por você mesmo. Responda:

  • Você termina de assistir um vídeo que possui qualidade ruim?
  • Você permanece em um site que tem fotos embaçadas e destorcidas?

Provavelmente não e o seu consumidor não é diferente.

Quando você expõe imagens de baixa resolução, com má qualidade, a impressão é que não houve cuidado ao escolhê-las e isso reflete na opinião sobre a qualidade do seu serviço e dos produtos que você oferece.

Por isso, para não sofrer desse mal, procure selecionar muito bem as suas fotos, trazer imagens condizentes com o que você está oferecendo, se possível que sejam exclusivas.

Dica Extra: Procure equilibrar a qualidade da imagem, pois o seu site não pode ter a velocidade de carregamento diminuída.

 

Seu site Não Está Com Bons Resultados? – Causa #4 Menu Exagerado

O Menu é um dos pontos mais importantes para a estrutura e organização do seu site.

Se você sabe dessa informação, talvez você tenha caído na besteira de enchê-lo de opções para que o seu potencial cliente possa navegar à vontade. Acertei?

Se esse é o seu caso, você precisa urgentemente resolver isso. Ter milhares de submenus e opções no menu de navegação não é uma vantagem é um erro terrível que pode comprometer e muito os seus resultados.

É preciso entender que, nesse caso, é necessário otimizar a navegação do usuário. Ele precisa achar o que ele quer em dois ou três cliques e não ficar navegando entre as opções, dando voltas e voltas.

Quando você traz uma opção de menu assim, você está contribuindo para que o usuário perca a atenção no que interessa e acabe indo embora sem nem lembrar porque ele entrou em seu site.

A melhor configuração para esse caso é um Menu enxuto, com botões básicos, claros e diretos, para que o usuário entenda para onde ele está indo, ao clicar em uma das opções. E, claro, que ele consiga achar o que precisa, rapidamente.

 

 Seu site Não Está Com Bons Resultados? – Causa #5 Site Lento

Lembra que eu citei no item #3 que a qualidade da foto deve ser equilibrada para que não atrapalhe a velocidade de carregamento do seu site?

Eu não disse isso à toa, isso porque sites com carregamento lento tende a espantar o usuário.

Você já deve saber, o tempo é algo muito precioso na atualidade e o usuário não pretende perder o dele ao realizar uma busca para encontrar informações, produtos, serviços.

Em meio a grande concorrência, ter um site lento é um crime para as suas conversões. Porque a partir do momento que o potencial cliente clicar no seu site e ele não carregar rapidamente, ele irá fechar a sua página e voltará as buscas, encontrando milhares de outros sites preparados para recebê-lo.

A velocidade do seu site é tão importante que o Google utiliza essa característica como ponto avaliativo para ranqueamento.

Então, não perca mais tempo, avalie o seu site, faça testes e ajuste o que pode estar prejudicando o seu site.

Está feito! Agora você tem em mãos informações valiosas que podem lhe ajudar e muito a melhorar os resultados do seu site.

Conseguiu identificar algum problema que você está cometendo aqui? Então essa é o momento ideal para realizar as modificações, quanto antes você solucionar essas questões, mais rápido o seu volume de conversão aumentará.

Espero ter conseguido suprir suas expectativas e necessidades quanto ao tema tratado. Que ele tenha sido realmente, relevante para você.

Ficou com dúvidas? Então entre em contato comigo. Basta enviar sua pergunta pelos comentários ou pelas redes sociais, te retornarei o mais rápido possível.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

NOVIDADE – Atualização de Anúncio no Google Shopping

Seguindo o nosso comprometimento de passar informações em primeira mão para nossos leitores, hoje trazemos uma novidade que irá impactar diretamente a utilização de anúncios no Google Shopping.

Como sabemos, todos os anos o Google faz atualizações em suas políticas de uso, visando a melhor experiência do usuário. Em 2016 não seria diferente, então hoje, dia 31 de maio, ele acaba de informar em seu blog oficial uma modificação nos parâmetros de utilização do Google Shopping.

Para quem ainda não sabe, o Google Shopping é um recurso bastante utilizado pelos usuários, uma vez que, faz o comparativo de produtos na própria busca do Google e conforme o interesse do usuário, ele é redirecionado para a loja que está comercializando o produto.

 

Anúncio no Google Shopping,

 

Todas as informações de preço e detalhes do produto são disponibilizados na própria página, facilitando o acesso de informação ao usuário. No entanto, para ter o seu produto impresso nessa busca, o anunciante precisa fazer o cadastro dentro da plataforma, seguindo todas as exigências previamente feitas.

Voltando para a atualização, ela terá impacto direto no feed de produtos, por isso é importante ficar atendo as informações que serão passadas, para que você consiga criar os seus anúncios no Google Shopping com maior qualidade.

O que muda na atualização dos anúncios no Google Shopping?

Nós estudamos com cuidado todos os pontos apresentados pela empresa e vamos tentar te passar de forma simplificada o que muda nesse novo formato.

Pedimos que dedique um tempo para nos acompanhar em toda a explicação, tudo bem?

 

1 – Preço Unitário de casa produto

O preço unitário do produto será obrigatório para todos os produtos em todas as categorias sem qualquer exceção. Antes, havia uma flexibilidade em alguns segmentos, mas o Google entendeu que tal atitude estava prejudicando o usuário e bateu o martelo: Agora os anúncios no Google Shopping precisam estar com o preço unitário em destaque.

Os atributos de preços precisam estar relacionados com o unit_pricing e não mais da forma que era aplicado antigamente.

É muito importante pontuar que se essa política de uso não for seguida a risca, a plataforma suspenderá a exibição de seus anúncios no feed do Google Shopping.

Para ler mais informações sobre como fazer essa configuração, acesse: https://support.google.com/merchants/answer/188494#unit_prices.

 

2 – Tamanho e Cor de Valores

Esse é um outro ponto que sofrerá mudanças rígidas. No Brasil, ainda não tem data certa para ocorrer, mas na Alemanha, Japão, Reino Unido e França já passarão a vigorar a partir da presente atualização, pois isso é bom entender o que muda!

O Google entende que quando um produto é colocado no Google Shopping com um dado preciso, sem variação e com seus atributos, a compra ocorre de forma muito mais segura. Sendo assim, todos os produtos de vestuário que não tiverem informações destacadas de cor e de tamanho serão reprovados e não aparecerão no feed.

No Brasil, os critérios já são bem rígidos na categoria vestuário. Confira em:

Cores dos produtos e tamanhos > https://support.google.com/merchants/answer/188494#color

 

Anúncio no Google Shopping

 

3 – Ampliação de Categorias

Alguns países terão as categorias de seus produtos ampliadas para que assim, seja possível fazer um melhor enquadramento de produtos. O Brasil, já conta com uma infinidade de opções e pouca coisa deve se alterar, mas vale a pena sempre ficar de olho em pequenas e sutis mudanças que ocorrem na plataforma.

O GTINs (Global Trade Item Numbers) terá a obrigatoriedade de colocação pelo fabricante, bem como o GPC (Google Product Category), será de obrigatoriedade para produtos da categoria de mídias, roupas e software.

Para maiores informações sobre esses atributos, acesse > https://support.google.com/merchants/answer/188494#upi_rules

 

4 – Tamanho das Imagens

Essa nova atualização também afetará a impressão das imagens dos anúncios no Google Shopping de forma bastante positiva. Isso porque, uma das principais reclamações dos anunciantes eram as imagens muito pequenas que deveriam ser colocadas nos produtos, tirando as possibilidades do trabalho com imagens de qualidade.

Não podemos dizer que essa atualização resolve todos os problemas, porém ela melhora de forma significativa a qualidade das imagens.

Para todos os produtos que forem inseridas em categorias de não forem a de vestuário, o padrão muda de 32×32 pixels para 100×100 pixels, o que garante uma melhor visualização. Para vestuário, mantem-se os 250X250.

Estudos da própria empresa comprovaram que imagens maiores dão melhores resultados e aumentam o desempenho, sendo assim ela resolveu ouvir os anunciantes e melhorar os tamanhos sugeridos.

Não obedecer essas novas métricas ocasionará a suspensão do anuncio.

Para saber mais, acesse> https://support.google.com/merchants/answer/188494#image_link

 

5 – Aumento do arquivo do Feed

Como ultimo item da atualização, mais uma mudança que vem para beneficiar os anunciantes. Antes, os arquivos precisavam ser enviados de forma compacta para a plataforma, pois só tínhamos 1G de espaço. Com a mudança, passamos a ter 4G, o que permite maior rapidez e conforto.

Saiba mais em > https://support.google.com/merchants/answer/160627

 

Quando a atualização passa a valer?

Segundo o blog oficial do Google, os anunciantes do Google Shopping ainda tem um tempo para se adaptar as novidades do uso da plataforma. Isso porque, no dia 1º de setembro de 2016 passa a vigorar todas as mudanças citadas acima, menos a gtin.

A alteração no Gtin, só deve entrar em vigor em 2017, mais especificadamente em 14 de fevereiro de 2017, pois é mais complexo o processo e seus ajustes.

 

Anúncio no Google Shopping.

 

O Google avisa com antecedência para que todos se enquadrem dentro de suas diretrizes, pois todos os produtos que não estiverem dentro do solicitados serão reprovados dentro da plataforma, o que pode ocasionar atrasos na veiculação de seus anúncios Google Shopping.

 

Dica final do Google

Antes de encerrar o comunicado, o Google ainda deixa uma dica muito importante para os utilizados dos anúncios do Google Shopping.

Ele recomenda que microdados sejam utilizados em suas páginas de destinos, pois isso garante que as informações fornecidas nos anúncios estejam 100% alinhadas com o que for passado dentro de seu site. E mais, ainda recomenda que o recurso de atualizações automáticas seja utilizado com frequência, pois isso irá garantir a qualidade das informações passadas ao usuário.

 

O que você achou dessa atualização? Acha que irá mudar muito o seu dia a dia de trabalho?

Essas são perguntas que ainda não podemos responder, pois não pudemos avaliar isso em nosso dia a dia, mas pode ter a certeza de que quando esses recursos começarem a ser utilizados aqui no Brasil, iremos fazer os testes e contar como foi nossa experiência.

Queremos que você faça o mesmo, fique de olho, teste e volte aqui para nos contar!

Queremos também, saber sua opinião sobre esse assunto, tudo bem? Use o formulário abaixo para dividir com a gente sua visão sobre esse assunto!

Até a próxima!

10 dicas para ter mais resultados com o Google Adwords

Toda empresa, marca ou negócio que quer crescer usando a internet precisa ter em mente que atingir o seu público alvo é o seu grande objetivo, incansavelmente, dia após dia. Isso porque, se você não descobrir quem tem interesse em seu negócio, quem quer comprar de você ou ainda, quem compactua das mesas ideias, será quase impossível obter bons resultados.

Sabemos também que a divulgação é fundamental, mas ela custa caro. Justamente por isso, o Google Adwords tem feio uma grande diferença na vida dos pequenos e médios empreendedores.

 

10 dicas para ter mais resultados com o Google Adwords

 

Por ser uma ferramenta de fácil utilização, com um investimento baixo e com um grande poder de conversão, o aceite perante os anunciantes tem sido incrível, mas claro, tudo deve ser avaliado para que os resultados sejam positivos.

Pensando em ajudar você a melhorar os seus resultados com o Google Adwords, eu listei 10 dicas sensacionais que vão te ajudar a dar uma turbinada em seu projeto.

Vamos lá?

 

#Dica 1 – Aproveita as datas sazonais para anunciar

Não é nenhuma novidade que em determinadas épocas do ano nosso público alvo está mais pré-disposto para comprar. Isso porque, por mais que a situação econômica não esteja bacana, sempre será feito um esforço para comprar um presente de dias dos namorados, de Natal, dia das mães ou dia dos pais, não é mesmo?

Sabendo disso, você precisa aproveitar essas datas comemorativas para anunciar no Google Adwords. Separe um orçamento alto para fazer a divulgação de seus produtos que tem maior saída e prepare-se para ver suas vendas dobrarem ou até mesmo triplicarem!

Durante essas datas, todos estão online, procurando os melhores preços e se você se fizer presente nessas datas, porém ver o seu lucro subindo de uma forma sensacional!

 

#Dica 2 – Google Adwords para mobile

Sempre que posso eu pontuo a importância de configurar as suas campanhas no Google Adwords para os usuários do mobile. Isso porque, já foi comprovado que mais de 50% dos acessos do Google estão partindo das pequenas telas, ou seja, não fazer essa configuração é deixar de lado boa parte dos usuários.

A questão está em que os anúncios para mobile precisam ser preparados de forma diferente, uma vez que, contam com formas de utilização diferenciadas. Por exemplo, ao invés de usar um call to action de fale conosco, opte por ligue agora.

Essas pequenas mudanças fazem com que a sua taxa de conversão melhore muito!

 

#Dica 3 – Leilão de palavras no Google Adwords

Como você deve saber, para criar um anuncio no Google Adwords será necessário escolher uma palavra chave para inserir em sua campanha. Normalmente, essa palavra chave faz relação com o seu nicho de mercado, pois será ela que permitirá que seu público alvo chegue até você.

Anunciantes de primeira viagem tendem a achar que quanto maior for o lance dado, maiores serão as chances de aparecem nos resultados das buscas e isso não é verdade.

No momento de fazer essa escolha, dê preferencia a termos de média busca, mas que exercem o mesmo papel, você verá que terá um custo por clique mais em conta com um resultado maior.

 

10 dicas para ter mais resultados com o Google Adwords.

 

#Dica 4 – Tenha um orçamento maior do que o recomendado

Esse é uma daquelas dicas que valem ouro, viu?

Se você entrar na plataforma do Google Adwords, vai perceber que no momento de fazer a definição do orçamento, a própria plataforma coloca um valor sugerido. Muitos acabam utilizando por ser um valor mínimo.

Eu recomendo que você sempre aplique um pouco mais do que o valor sugerido, isso porque o Google entenderá que você tem uma verba mais alta e assim, fará com que sua campanha aparece mais vezes em relação aos seus concorrentes.

 

#Dica 5 – Desabilite o formato mobile para campanhas de Display

Eu sei que eu disse que o formato mobile deve existir em todas as suas campanhas, porém a sua forma de utilização deve ser estudada com cuidado para que não se gaste mais que o necessário.

Já pude fazer alguns testes e comprovei que o formato mobile não funciona tão bem para campanhas de display. Isso porque, os usuários das pequenas telas tendem a clicar nos banner por descuido e não por interesse real.

Aconselho que seja desabilitado essa opção nesses casos, você verá que o seu orçamento irá durar muito mais e a taxa de conversão também subirá.

 

#Dica 6 – Inclua as palavras chaves negativas

Eu já falei muito aqui nesse blog sobre as palavras chaves negativas, no entanto sei que ainda existem muitas dúvidas sobre esse assunto.

Basicamente, as palavras chaves negativas são termos parecidos com os que você utiliza em sua campanha, porém por algum motivo, não devem aparecer. Sendo assim, será necessário que você bloquei a sua utilização.

Sempre que possível, faça uma lista das palavras chaves negativas relacionadas a sua campanha e você verá que irá ter resultados muito mais interessantes.

 

#Dica 7 – Faça avaliações constantes

Criar uma campanha e colocar para rodar não irá te trazer os resultados que tanto desejam, você precisará ir além para chegar longe.

O Google Adwords oferece diversas ferramentas que vão te ajudar a verificar o funcionamento de suas campanhas, comparando resultados através de métricas precisas. Se possível, analise todos os resultados diariamente para que assim, você possa fazer alguma modificação imediata.

Acompanhar de perto o comportamento de cada campanha é fundamental para o sucesso nos negócios, nunca se esqueça disso!

 

10 dicas para ter mais resultados com o Google Adwords.

 

#Dica 8 – Use as palavras chaves com moderação

Não é porque o Google Adwords permite que você utilize milhares de palavras chaves em cada anuncio que isso dará certo. Os espaços existem para serem preenchidos, no entanto cabe á você avaliar se é necessário ou não.

Em anos de trabalho na plataforma, eu pude perceber que menos é mais, ou seja, se forem escolhidas palavras chaves de qualidade e que despertem o interesse de nosso público alvo, não é necessário usar listas gigantescas.

Estudo bem o seu nicho de mercado e selecione de 7 á 12 para usar em cada campanha, acredito que seja o número ideal.

 

#Dica 9 – Ajuste os lances

Um detalhe que poucos anunciantes sabem é que o lance por palavras chave tende a se alterar dependendo da região que um anuncio é visualizado, ou seja, o CPC no estado da Bahia, pode não ter o mesmo valor que no estado de São Paulo.

Se você não ajustar para que esse lance seja cobrado de acordo com a localidade de seu público alvo, com toda a certeza, você irá gastar muito mais em suas campanhas do que o necessário.

No momento de configurar seu anuncio, atente-se para esse item.

 

#Dica 10 – Palavras chaves no texto do anúncio

Muitos falam que só é necessário fazer uso da palavra chave no titulo do anúncio e isso não é verdade. Quanto mais vezes você conseguir inserir o termo dentro do contexto do anuncio, mais bem ranqueado ele ficará.

Sendo assim, use o termo exato e as variações ao longo de todo o anuncio, sempre inserindo de forma natural e coesa.

 

Prontinho, você tem em mãos 10 dicas para ter mais resultados com o uso do Google Adwords, qual é a desculpa para não ter sucesso em seus negócios?

Ficou com alguma dúvida? Pode me perguntar!

Até a próxima!

É Possível Trabalhar Somente Com Internet?

Sempre que se fala em trabalhar na internet, uma dúvida vem à tona. Será que é possível trabalhar somente com internet?

Claro, essa dúvida representa praticamente um portal de perguntas acerca do tema. Entre as mais populares, estão:

  • É verdade que é possível ganhar dinheiro na internet?
  • É verdade que tem muita gente que abriu negócios na internet e ficou rico?
  • É verdade que para ganhar dinheiro na internet, basta ter um site?
  • Se eu tiver um negócio online, eu vou ganhar dinheiro dormindo?

Bem, são diversas as perguntas. As respostas para cada uma delas se diferem entre si, nem todas são verdadeiras por completo, outras são muito reais.

Hoje, eu quero explorar um pouco mais a pergunta que dá nome a esse conteúdo, meu intuito é lhe entregar respostas contundentes, práticas e úteis, mas, sobretudo, acabar de uma vez por todas com essa dúvida que pode estar retardando a realização do seu sonho.

Vamos lá?

 

É Possível Trabalhar Somente Com Internet

 

Trabalhar somente com Internet – Mito ou Verdade?

Provavelmente, se você está lendo esse conteúdo agora, está pensando em iniciar uma carreira na internet, mas ainda tem dúvidas sobre o quanto esse setor é promissor. Acertei?

Para que você não tenha mais dúvidas, vamos direto ao ponto. Trabalhar somente com internet é possível.

Talvez você queira me perguntar:

  • “Tiago, o que eu quero mesmo saber é se o salário da internet é tão bom quanto um serviço CLT”.

Vamos com calma, afinal, eu estou aqui para lhe entregar informações, não te convencer de nada. Não é porque eu trabalho com internet que eu vou dizer que ele é perfeito.

Como eu te disse, trabalhar somente com internet é sim muito possível, inclusive eu sou a prova viva disso. Se você não sabia, eu vivo de internet, de projetos online, digitais.

E, tem mais, eu não sou o cara de sorte, exclusividade ou aquela celebridade do Youtube, muito pelo contrário, tenho vários amigos que trabalham da mesma forma que eu, na internet, com projetos bastante variados.

Então, tenha certeza:

  • “Trabalhar somente com internet é uma verdade.”.

Por outro lado, eu não posso e muito menos devo lhe encorajar dizendo que o salário da internet é tão bom ou melhor que aquele que te oferecem no emprego formal.

Como tudo na vida, isso também irá depender de alguns fatores variáveis.

Lembra que eu te disse que não saber se era possível trabalhar somente com a internet poderia estar retardando a realização dos seus sonhos?

Você verá o porquê no próximo tópico. Vamos juntos!

 

É Possível Trabalhar Somente Com Internet.

 

Trabalhar somente com Internet – Realização de Sonhos?

Eu não sei ao certo qual é a sua situação, se está desempregado em busca de novas oportunidades, se tem um emprego, mas está cansado da rotina, se quer mais liberdade, mais tempo com a família, independente.

Antes de qualquer coisa, você precisa responder a seguinte pergunta:

  • Porque eu quero trabalhar somente com internet?

Se a sua resposta estiver exclusivamente ligada a dinheiro e pouco trabalho, DESISTA!

Não estou querendo ser chato, muito menos lhe frustrar, o meu objetivo é que você tenha a real dimensão do mercado digital.

Certamente, você deve ter visto reportagens e matérias de incentivo ao mercado digital, o problema é que a conotação delas é um pouco fora da realidade. Muitas vezes é possível ver chamadas dizendo que esse é um negócio fácil e que praticamente lhe entrega dinheiro aos montes, sem você fazer nada.

Isso não é verdade e foi por isso que eu te disse que se você deseja trabalhar com internet só para ganhar dinheiro dormindo, você deve desistir.

Quando eu citei que o seu salário nesse ramo depende de variáveis, eu estava me referindo a trabalho, ramo de atuação, empenho, velocidade de implementação, conhecimento, estratégia, planejamento, entre outras coisas.

Agora eu posso parecer um pouco contraditório, mas você irá me entender. Preciso te dizer, é possível ganhar muito dinheiro na internet, até mais que o seu salário atual naquela multinacional, mas isso irá depender das variáveis que eu acabo de citar.

Consegue captar a ideia?

Ganhar dinheiro com o meio online não funciona como mágica, e tem um outro fator importante, muito provavelmente, você será dono de seu negócio e com isso terá mais atribuições do que em seu cargo CLT.

Já pensou nisso?

Se você me disser que o seu sonho é trabalhar no mercado digital, eu lhe diria para seguir em frente e persistir nele, mas com segurança.

O que eu quero dizer com isso é que você deve ir atrás do seu sonho, pois é possível trabalhar somente com internet, mas você deve saber exatamente o que está fazendo, não basta cair de cabeça, sem ter recursos para levar o seu sonho adiante.

 

É Possível Trabalhar Somente Com Internet,

 

Está em um trabalho formal e ele é a sua única fonte de renda? Utilize esse trabalho para financiar o início do seu sonho.

Está tudo indo bem, seu projeto online já te dá um bom retorno e se tornou a sua fonte de renda mais forte? Pense em diversificar as suas áreas de atuação e fortificar as bases do seu negócio e aí sim, pense em torná-lo o seu único trabalho.

Não se esqueça: Você vai precisar trabalhar muito para quem sabe no futuro você possa ganhar algum dinheiro dormindo. Sim, é possível.

Agora eu quero falar com você sobre as áreas desse mercado.

 

Trabalhar somente com Internet – Áreas de Atuação

Pode ser que você já conheça um pouco sobre o mercado digital, mas pode ser que você não faça ideia do quão abrangente ele é.

Para não ter dúvidas e enganos sobre isso, quero lhe mostrar algumas coisas que além de lhe entregar uma visão mais expandida sobre o setor, poderá lhe dar sacadas muito boas para os seus projetos.

Bem, primeiro de tudo, o mercado digital não é só o Facebook, Youtube e o Instagran.

Os profissionais que ganham dinheiro com internet não são só os blogueiros famosos, os Youtubers, os grandes perfis das redes sociais e os donos de e-commerces.

Tire essa ideia da sua cabeça! Apesar de a mídia tradicional bater MUITO nessa tecla, você não precisa exatamente investir nessas áreas citadas acima, se o seu objetivo é trabalhar somente com internet.

Como eu te disse, esse mercado é bastante vasto. Olha só alguns exemplos:

  • Lojas Online: Apesar de ter citado o e-commerce acima, achei interessante falar desse setor aqui no exemplo porque este não se restringe, apenas, as lojas de roupas ou produtos de beleza como mostrados nas reportagens do jornal. Na internet é possível ter loja de quase tudo, desde comida até de artesanatos exclusivos.

 

  • Marketing Digital: O marketing digital é um dos setores dentro do mercado digital que mais cresce e mais recebe investimento. Trata-se, basicamente de uma nova versão do marketing tradicional, o Adwords é a maior plataforma de anúncios online do mundo, atendendo as mais variadas marcas, inclusive àquelas que são consagradas no mundo físico. Esse setor abre oportunidades para diversos tipos de profissionais, desde os criadores de campanhas até os que analisam o mercado e avaliam métricas.

 

  • Produtos Digitais: Os produtos digitais são um sucesso e a cada dia que passa ganha mais adeptos. Basicamente, trata-se de e-books, vídeo aulas, cursos online, entre outras coisas que entregam conteúdo de forma online. Essa área de atuação é excelente e emprega milhares de profissionais do mercado digital.

 

  • Afiliado: Se você quer trabalhar com internet, mas não tem um produto para lançar, acha que gerenciar um e-commerce é muito complexo e trabalhar com marketing digital diretamente não é muito a sua, então você pode trabalhar como afiliado, ou seja, uma espécie de vendedor online que trabalha voltado a suprir as necessidades de seus clientes. Ah, os ganhos dessa profissão, geralmente, são bons, pois são com base em comissões das vendas que você realizar.

Esses são só alguns exemplos para que você tenha uma melhor ideia desse setor.

Espero que esse conteúdo tenha sido de extrema valia para você e que, sobretudo, ele tenha suprido suas necessidades e expectativas quanto ao assunto tratado.

Ficou com dúvidas? Então entre em contato comigo através dos comentários abaixo ou pelas redes sociais. Terei um enorme prazer em poder lhe retornar com possíveis soluções para os seus questionamentos.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

Como Criar Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados?

O dia dos namorados está quase batendo às portas, faltam menos de 20 dias para que ocorra um dos momentos mais esperados pelo setor de vendas.

E agora eu te pergunto:

  • Você já se preparou para ter uma lucratividade recorde nessa data?
  • O que você tem feito de diferente para alcançar resultados jamais vistos, especialmente, até o dia 12?

Bem, não precisa se sentir mal se você não tem a mínima noção do que fazer e muito menos está preparado para o dia dos namorados.

Muitas pessoas não sabem nem o que dar de presente, ainda estão decidindo-se e talvez consigam só no ultimo minuto do segundo tempo.

 

Como Criar Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados

 

Antes de seguirmos, eu preciso perguntar:

  • Você lembrava que o dia dos namorados já era dia 12?

Se você tem namorada (o) ou é casado, pode ser que ela fique furiosa (o) por saber que você não pensou no presente dela (e) com antecedência e muito amor. CORRE! rs

Brincadeiras à parte é comum que muitas marcas ainda não tenham preparado nada de especial para esse período específico, não que seja adequado, mas muitas vezes a correria do dia a dia não está ajudando a manter tudo na linha.

Enfim! O mais importante é que você chegou até aqui, isso demonstra que você sabe da importância dessa data que balança o mercado, e quer fazer algo para poder morder a sua fatia de oportunidades e rendimentos.

Não se preocupe, eu tenho uma notícia ótima para você. O assunto de hoje é como criar campanha Adwords para o dia dos namorados.

Eu vou te mostrar, por meio desse conteúdo, como você poderá criar uma campanha para a data específica e arrebentar em vendas.

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Qual seu Nicho?

Bem, não é porque o Dia dos namorados é incrivelmente poderoso quanto ao aquecimento do mercado que ele consegue incendiar todos os nichos.

Por isso, antes de criar uma campanha Adwords para o Dia dos namorados de modo específico, você precisa verificar se o seu nicho faz parte desse incêndio.

Por exemplo, lojas de flores, chocolates, o ramo inteiro de turismo, segmento hoteleiro, produtos adultos, restaurantes, têm bastante espaço nessa data.

Na verdade, são muitos os nichos que se beneficiam com essa data, mas pode ser que o seu segmento em especial não esteja dentro desse grupo. Por exemplo, se você tem um negócio que realiza exames laboratoriais, uma campanha Adwords para o dia dos namorados pode não te trazer um retorno tão positivo. Concorda?

Então, antes de pensar em uma campanha Adwords para o dia dos namorados, pense no quanto ela será lucrativa para o seu negócio, o quanto vale à pena investir tempo e dinheiro nessa tarefa.

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Palavras-Chaves

Se ao analisar o seu nicho você perceber que deve sim fazer uma campanha, a sua tarefa será fazer a seleção das palavras-chaves.

Por enquanto, será necessário realizar mais uma pesquisa aprofundada sobre como o seu negócio pode explorar essa data em especial.

Utilizar a Keyword Planner do Google é uma tática inteligente que te ajudará muito a ter ideias fantásticas e lucrativas.

Vá até a ferramenta e procure encontrar termos que são utilizados no dia dos namorados e que estejam ligados diretamente ao seu negócio, ao tipo de produto ou serviço que você oferece ou até mesmo ao seu nicho.

Para esse caso, você não precisa se preocupar tanto em encontrar palavras-chaves exatas, isso porque os termos mais abrangentes e genéricos costumam ter um bom retorno, inclusive, eles são campeões entre as campanhas Adwords para o dia dos namorados.

 

Como Criar Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados.

 

Por exemplo, você verá muita gente utilizando:

  • Opções presentes dia dos namorados
  • Itens para dia dos namorados

E variáveis de termos mais abrangentes mesmo. Claro, você deve compor a sua lista de palavras-chaves com termos exatos, long tail, variações e termos genéricos, pois isso atrairá um tráfego mais qualificado ao seu negócio, além disso, se você apostar, apenas nas palavras-chave mais abrangentes, poderá ter um custo muito elevado para exibir o seu anúncio, devido à alta concorrência.

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Anúncios Focados

Se você quer ter melhores oportunidades, sem gastar absurdamente em sua campanha, é muito importante que você crie anúncios mais específicos para o gênero do público alvo.

Isso porque o homem e a mulher têm percepções muito diferentes para essa data e um anúncio único para ambos pode não converter tanto quanto se eles forem mais focados em cada um deles.

Por exemplo:

As mulheres costumam se planejar muito antes, pensando exatamente no que os seus parceiros gostariam de ganhar. Tentar inovar e procuram um tipo de produto mais específico.

Já os homens costumam se lembrar do dia dos namorados muito pouco tempo antes da data e, por isso, possuem muito menos tempo para encontrar um presente ideal. Além disso, eles não são tão observadores e ficam extremamente indecisos sobre o que escolher.

Percebe que os anúncios para cada situação apresentada devem ser totalmente diferentes?

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Formatos

Uma das maiores dúvidas que acometem os anunciantes em datas específicas para o setor é:

  • Qual o formato de anúncio eu devo utilizar para captar mais conversões?

Você também ficou com essa dúvida? Então vamos esclarecer isso agora. Ok?

Em geral, não há uma regra para isso, ou seja, não uma resposta certa. O que você precisa analisar é o perfil do seu público alvo, como eles se comunicam, qual é o tipo de anúncio que mais atende às necessidades dele.

Se formos analisar de maneira geral, eu poderia lhe dizer que os anúncios gráficos, ou seja, que contêm fotos dos itens ofertados costumam ser mais atrativos para esse período.

Isso porque os anúncios simples, formulados basicamente por link e texto pode passar despercebidos em meio ao volume de anúncios feitos nesse período.

Se eu pudesse te dar um conselho, seria para que você crie uma estratégia para trabalhar com os mais variados formatos de anúncios, isso porque cada um deles conversa com o público de modo diferente, cobrindo todas as áreas e trazendo maiores oportunidades para o seu negócio.

 

Como Criar Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados,

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Página de Destino

Se você está acostumado a fazer campanhas, sabe que a página de destino tem uma importância absoluta dentro da composição. Certo?

Acontece que uma ótima sacada para esse momento é criar páginas de destinos diferentes para cada segmento do seu público alvo.

Por exemplo:

  • Se você detectar que o seu público alvo é composto por homens e mulheres que se relacionam com o sexo oposto e com pessoas de mesmo sexo, talvez fosse interessante criar páginas diferentes para esses grupos.

O público GLBT costuma consumir muito nessa data e essa pode ser uma oportunidade de você detectar como é a composição do seu público.

Depois de criar essas páginas, é importante você fazer o monitoramento de suas métricas, definir qual será a sua meta de conversão, para que a análise ao final da campanha seja clara e segura.

Dica Extra: Para melhorar ainda mais a qualidade da sua análise, procure ter uma tag de conversão em especial para o dia dos namorados e também utilizar o Analytics. Desse modo, você conseguirá ver qual foi o real retorno desse período.

 

Campanha Adwords Para o Dia dos Namorados – Fim Da Campanha

Pode parecer besteira falar isso, mas é muito comum ver, mesmo mais de um mês depois, campanhas referentes ao dia dos namorados, rodando por aí.

Se você não quiser causar problemas com o seu público alvo e nem perder dinheiro anunciando algo que não vale mais, não se esqueça de finalizar a sua campanha ao final do dia dos namorados ou poucos dias após o dia 12.

Ok?

Depois de ter colocado tudo em ordem, basta usar a sua criatividade para criar campanhas excepcionais, atrativas e lucrativas.

Espero ter conseguido suprir as suas expectativas e necessidades quanto ao assunto. Que esse conteúdo tenha sido relevante o suficiente para você.

Ficou com dúvidas? Então entre em contato comigo pelos comentários abaixo ou pelas redes sociais, será um enorme prazer trazer possíveis soluções para os seus questionamentos.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

8 Mandamentos do que NÃO Fazer no Instagram

Podemos afirmas com toda verdade que existe em um trabalho que as redes sociais mudaram a forma com que as estratégias de marketing digital foram criadas. Antes, o que tínhamos eram marcas jogando conteúdo atrás de conteúdo em cima de seus possíveis clientes e caiam nessa tática quem tivesse mais interesse no assunto.

Atualmente, o canal de comunicação passou a seu bilateral, ou seja, hoje quem fala também pode ser ouvido e com isso, precisa estar preparado para escutar críticas, lidar com problemas abertos na rede e também desfrutar dos elogios que os fãs fazem questão de transmitir.

Essa história de quem o cliente não tem voz ativa perante a estratégia de uma marca ficou no passado, pois o que ocorre é que quem dita como será feito esse planejamento.

 

8 Mandamentos do que NÃO Fazer no Instagram

 

O poder das redes sociais passou a ser tão grande que até mesmo o engajamento por conteúdo pode ser gerado através de um relato do próprio clientes, já que ele tem em mãos um canal de comunicação aberto, durante 24 horas por dia para escrever o que bem entender.

Dentre as diversas redes sociais existentes hoje, 4 delas ganham um destaca ainda mais especial, pois são nelas que estão concentradas o maior número de pessoas diariamente.

Vamos conhecer quais são?

  1. Facebook: É uma das redes mais usadas do mundo e permite que sejam feitos diversos tipos de postagens e interações. O Instagram é muito utilizado dentro da plataforma, pois possui integração total;
  2. Twitter: Apesar de seu formato totalmente compacto é muito importante para os negócios, pois tem o poder de gerar um conteúdo rápido de fácil divulgação. Já é possível anunciar no Twitter e também, compartilhar fotos vindas do Instagram;
  3. Youtube: O Youtube é a famosa rede de vídeos que chegou para provar que o conteúdo animado converte muito bem. Desde a sua criação, não são poucas as estratégias em cima de vídeos, mas é preciso tomar muito cuidado com a forma de expor as informações para dar liga com o perfil do seu cliente;
  4. Instagram: Não poderíamos deixar de citar o Instagram, que é o foco desse material. Tem como o objetivo principal o compartilhamento de imagens e pequenos vídeos para um público segmentado. Com o novo formato de anúncio, ficou mais fácil fazer a divulgação de vídeos promocionais e campanhas publicitárias. Pela alta audiência de sua utilização, grandes marcas já tem utilizado o formato.

Sabendo da importância da utilização do Instagram em seus negócios, criei uma lista com os 8 mandamentos do que não fazer no Instagram da sua empresa. Tenho certeza que essas dicas irão te ajudar a ter um melhor resultado tanto em suas postagens orgânicas como em seus anúncios.

Preparados para anotar tudo?

 

1º Mandamento do Instagram – Nunca utilize uma imagem sem dar os créditos

Como sabemos, o Instagram é uma rede social totalmente visual, sendo assim o que mais você irá utilizar sem suas campanhas são imagens, fotografias e vídeos. Com toda a certeza, você irá fazer comparações com outras marcas e achar imagens bem bacanas relacionadas ao assunto que está abordando.

Existe uma lei para essa utilização que é o nosso primeiro mandamento, nunca ou em hipótese alguma copie uma imagem sem dar os devidos créditos a ela, uma vez que, você não quer a sua página repleta de comentários negativos denegrindo a imagem da sua empresa, não é mesmo?

O ideal é que todas as suas imagens sejam próprias, ou criadas a partir de algum programa de edição de imagem ou tiradas mesmo, no entanto, se você quiser postar uma imagem já utilizada, seja ético e utilize a ferramenta Repost, que permite que você compartilhe dando os devidos créditos.

 

2º Mandamento do Instagram – Não confunda sua conta da empresa com a sua pessoal

Por mais que você seja o fundador da empresa, jamais devem ser misturadas essas duas informações. No Instagram da empresa, poste assuntos relacionados com o seu nicho de mercado, imagens bacanas para seus seguidos que estejam diretamente ligado ao seu setor.

Deixe que as viagens de família, fotos de comida ou na academia para serem postadas em seu perfil pessoal, pois é o lugar mais certo delas.

Claro que toda a empresa precisa de um toque pessoal em seu material, aquele calor humano que  que mostra que existem pessoas por trás das máquinas, sendo assim, para resolver esse problema, publique fotos da rotina de trabalho da equipe, de ações sociais que vocês participam ou dos treinamentos. Tudo isso ajudará a engajar com seus seguidores.

 

8 Mandamentos do que NÃO Fazer no Instagram.

 

3º Mandamento do Instagram –Usar as hashtags sem moderação

Eu sei que quando descobrimos que é possível fazer a utilização de diversas hashtags para ganhar mais curtidas e seguidores ficamos encantados com a ação e queremos colocar milhares em cada foto nossa, mas eu sugiro que você tome cuidado com a utilização.

Isso porque, uma quantidade exagerada pode fazer com que sua imagem perca credibilidade com o seu leitor e assim, acabe muito mais prejudicando a sua estratégia do que ajudando, entende?

Estude bem quais são os termos mais procurados pelo seu público algo e sempre utilize como uma forma de marca registrada, pois dessa forma, você consegue fazer a sua utilização de uma forma totalmente natural.

 

4º Mandamento do Instagram – Nunca utilize imagens de qualidade ruim

Me explica uma coisa, se a principal finalidade do Instagram é ter uma rede de imagens interessantes e de muita qualidade para que seja possível dividir momentos legais com seus seguidores, qual é o real sentido de utilizar imagens de baixa qualidade?

Sabemos que os recursos já são limitados, as imagens não podem ser enormes e temos uma quantidade de filtros pré-determinados para melhorar a composição da imagem, então o melhor que tem a fazer é deixar a sua peça o mais bonita possível.

Selecione com cuidado cada imagem da postagem para garantir que a qualidade esteja muito superior as expectativas do usuário.

 

5º Mandamento do Instagram – Não faça promoções

Dentro do Instagram é permitido fazer uso de concursos culturais e promoções para aumentar o número de seguidores ou curtidas. Sabe aquelas coisas que aparecem seu diversos perfis: “ Para ganhar um jantar romântico, você precisa seguir o perfil @xyz e @anj, depois deve marcar 3 amigos homens em sua publicação e dar repost nessa imagem deixando o seu perfil aberto”.

Pois então, essa é uma forma de fazer promoções dentro da plataforma, logo se é permitido, sua empresa pode sim fazer uso. Mas como sempre, tenha moderação nesse tipo de postagens, cumpra as datas estabelecidas na divulgação e sempre mantenha todos os resultados de forma aberta.

 

8 Mandamentos do que NÃO Fazer no Instagram,

 

6º Mandamento do Instagram – Nunca tente vender através dessa rede

Gerar vendas através do Instagram todos nós queremos, não é mesmo? Mas a questão aqui é que esse não é o objetivo da plataforma. Entenda que ela é um meio de gerar engajamento com seu público alvo, dando as possibilidades de conseguir um canal de comunicação aberto.

Certamente, com a entrega de conteúdo de qualidade e com informações que solucionem os problemas de seus seguidores, as vendas vão ocorrer de forma certa, mas é claro, não deixe que isso seja o principal objetivo de sua utilização, senão você estará propenso ao fracasso.

 

7º Mandamento do Instagram – Postar de mais ou de menos

Essa é mais uma atitude que você não pode ter em relação ao Instagram, isso porque não é legal postar demais e nem deixar largado as moscas, concorda?

Você precisará encontrar o jeito ideal para suas publicações, procurando sempre deixar aquecido a sua lista de seguidores, mas também sem lotar a timeline  e assim fazer com que ele deixe de te seguir por conta do conteúdo excessivo.

Se você ainda não sabe como agir com isso, não tem problema. Comece com 2 postagens na semana e vá aumentando aos poucos, sempre tomando nota de todos os acontecimentos ( curtidas, número de seguidores e comentários.).

 

8º Mandamento do Instagram – Só colocar imagens institucionais

Acredite, nenhum seguidor seu quer ficar olhando imagens do logo marca da sua empresa ou de fotos de dentro do seu escritório. Eles querem calor humano, querem mensagens relacionadas ao seu nicho de negócio e até mesmo motivacionais.

Sempre trabalhe um conteúdo engajado e interesse com seu público alvo para que assim, você consiga atender as suas necessidades ao mesmo tempo que entrega material de qualidade.

 

Lembre-se sempre que o Instagram serve para divulgar soluções através de imagens e com a estratégia certa, sua empresa pode conquistar essa notoriedade de uma forma muito simples.

Tem alguma dúvida relacionado aos 8 Mandamentos do Instagram  que acabei de apresentar? Se sim, escreva para mim, terei o maior prazer em lhe ajudar!

Até mais!

Programa de Afiliados – Como Funciona?

Pode ser que você ache meio estranho eu falar sobre afiliados aqui, em um blog que se chama Mestre do Adwords, não é verdade?

Não se assuste! O blog não vai mudar de nome, eu não vou mudar o foco dos conteúdos. A minha ideia ao tratar de programa de afiliados é trazer mais uma informação relevante, é tornar a abordagem democrática, de forma que possa suprir as necessidades de todos que chegam até o Mestre do Adwords.

Querendo ou não, o programa de afiliados é um integrante importante do mercado digital e nada mais justo do que falar e explanar sobre o assunto de maneira clara, objetiva e obviamente relevante. Concorda?

Então, se você que me lê agora, está pensando em trabalhar no mercado digital e o setor de afiliados te chamou a atenção, mas você não sabe exatamente do que se trata, fique tranquilo, pois você chegou ao lugar certo.

 

Programa de Afiliados – Como Funciona,

 

Hoje, eu quero conversar com você que deseja ter um negócio online e gerar renda a partir dele de forma exclusiva e dentro da categorização do programa de afiliados.

A partir desse conteúdo, você descobrirá como tudo funciona nesse segmento. Ok?

A partir de agora, você confere tudo o que eu preparei para você. Vamos iniciar essa jornada juntos? Então mãos à obra!

 

Programa de Afiliados – Do que Se Trata?

Acredito que antes de falar sobre qualquer coisa, precisamos conversar e deixar claro do que se trata o programa de afiliados. Não é?
Desse modo, você não corre o risco de não entender algo lá na frente.
Bem, basicamente falando, podemos dizer que quem trabalha com o programa de afiliados, nada mais é, que uma espécie de vendedor.
Isso mesmo! Geralmente o trabalhado executado por esse tipo de profissional tem um objetivo um pouco mais denso do que o vendedor comum, que é impactar pessoas, ajudá-las e oferecer soluções a partir do conhecimento de seus desejos, dores e necessidades.
Calma, eu não estou falando de enganação, marketing multinível ou qualquer outra balela mentirosa da internet. Estou falando de um trabalho sério, que se bem executado, além de ajudar pessoas, pode gerar altas comissões para o vendedor.
Muita gente iguala o trabalho de um profissional afiliado ao das consultoras de cosméticos, o que não está errado, se formos partir do princípio da venda e da afiliação com uma marca.
A diferença está no fato de que os afiliados, geralmente, trabalham pela internet, com produtos digitais.
Por exemplo:      Se você for fazer uma pesquisa agora, nesse exato momento no Google, você encontrará pessoas que vendem aquele curso famoso, ou aquele e-book super bem falado, mesmo não sendo o autor de tais obras.
Esses são os famosos afiliados, que promovem produtos de qualidade para sua cartela de contatos que possuem interesse e com base na venda, ganham comissões.
Tudo entendido tudo aqui? É importante ressaltar que se você quer participar de um programa de afiliados, você deve estar disposto a realizar vendas.

 

Programa de Afiliados – Quanto Ganha os Afiliados?

Antes de qualquer coisa, gostaria de lhe dar um conselho muito importante se o seu objetivo é obter sucesso.

Não me entenda mal, mas focar única e exclusivamente nos ganhos monetários pode levar rumo ao fracasso.

O dinheiro é sim muito importante, mas ele é, apenas, o resultado de um trabalho bem feito, uma espécie de recompensa pelo bem que você promoveu ao seu público alvo.
Ok?

Então vamos voltar ao foco do tópico. Bem, dizer exatamente quanto os afiliados ganha é um tanto difícil, até porque isso pode depender muito, mas algo eu posso te garantir, é possível ganhar muito dinheiro sendo afiliado, inclusive, viver única e exclusivamente dessa atividade.

Por outro lado é importante que você fique ciente de que trabalhar com programa de afiliados não funciona como um milagre, seu dinheiro não vai brotar no seu banco.

 

Programa de Afiliados – Como Funciona

 

Para obter lucros, é necessário trabalhar duro, é preciso tempo, dedicação, estudar, aprender técnicas, aplicar sacadas e estar sempre muito atualizado quando a movimentação do mercado.

Você pode querer me perguntar:

·         “Tiago, mas qualquer pessoa pode aprender essas técnicas e sacadas?”.

Não se preocupe, é sim possível, desde que você estude, se dedique e persista nos seus objetivos.

Na própria internet você consegue milhares de informações relevantes sobre técnicas de vendas para afiliados, vale à pena conferir.

A minha dica em especial sobre isso é que você além de estudar, realize muitos testes, antes mesmo de aplicar com seus clientes em potencial. Depois de ter otimizado ao máximo a técnica, aí sim, teste com seus clientes em potencial, mas jamais pare de tentar melhorar.

 

Programa de Afiliados – Que Tipo de Produto Há?

No início desse conteúdo, eu lhe disse que os afiliados, geralmente, vendem produtos e serviços digitais, não é verdade? Mas isso não é necessariamente uma regra e muito menos se restringe a um tipo de produto em especial.

Quando você se torna um afiliado, você é quem escolherá quais produtos quer vender e se afiliar.

O interessante é que você se afilie com produtos, serviços ou marcas que você confie, que você se identifique e que acredite ter qualidade.

Isso porque ao escolher com base nessas classificações, você terá maior facilidade em realizar as vendas. Até porque é muito mais difícil vender algo que a gente não compraria. Concorda?

Só para que você tenha uma ideia, o mercado de afiliados é bastante movimentado e dentre os nichos que você pode trabalhar, estão:

·         Beleza

·         Línguas

·         Musculação

·         Emagrecimento e Dietas

·         Marketing Digital

·         Educação & Cursos

·         Culinária

·         Vendas

Entre milhares de outros. O mais interessante dessa profissão é que dificilmente você ficará sem um produto para oferecer e também sem pessoas interessadas, devido à variedade de nichos. Certamente, você sempre encontrará pessoas interessadas em algo, além de encontrar produtos para um nicho de interesse.

 

Programa de Afiliados – O que Eu Preciso Para Ser?

Nesse momento, você pode estar querendo saber como você pode se tornar um afiliado ou o que você precisa para ser um afiliado. Acertei?

Se formos analisar desde o início, a primeira coisa que você precisa é ter habilidade como vendedor ou ao menos gostar muito de exercer essa função.

Eu digo gostar, porque mesmo que você nunca tenha trabalhado com vendas e por isso não tenha habilidades da profissão, é totalmente possível aprender.

A segunda coisa que você precisa fazer é selecionar os produtos ou serviços que farão parte da sua cartela de afiliado. Depois da seleção é hora de fazer a sua afiliação com as marcas, com profissionais ou produtores.

Tendo bons produtos em mãos, a sua prioridade deve ser definir públicos alvo para cada oferta. Essa definição deve funcionar como uma espécie de estudo, você deve descobrir qual é o perfil de consumo desse público, inclusive informações sobre as principais dores, desejos, necessidades e sonhos desse potencial consumidor.

Nessa fase, você já tem os dois elementos principais: Produtos de qualidade e pessoas interessadas.

 

Programa de Afiliados – Como Funciona.

 

Então, chegamos ao momento da venda, certo? Errado!

Para fazer tudo dar certo, você precisará:

  • Construir técnicas capazes de atrair a atenção do público alvo.
  • Criar ações que possibilite uma conexão mais aberta com o seu alvo.
  • Gerar engajamento, agregar valor e conquistar autoridade no setor.
  • Fazer com que seu público te olhe como uma espécie de referência do setor.

Só depois disso tudo, você poderá começar a vender efetivamente, oferecendo soluções.

Com o tempo, você poderá ir aprendendo técnicas, evoluindo, automatizando processos e tornando tudo ainda mais produtivo.

Eu não sei se você sabe, mas uma das coisas que torna essa profissão muito atrativa é o fato do investimento ser mínimo para ter um negócio próprio e com grandes possibilidades de gerar altos rendimentos.

Quando falo em investimentos mínimos, me refiro aos monetários, porque como eu te disse, para obter sucesso, você será obrigado a investir tempo, a investir em educação, em persistência, em trabalho duro, testes. Por outro lado, a primeira recompensa que você receberá, será a liberdade.

Está feito! Espero ter conseguido te ajudar, que as informações aqui descritas tenham sido relevantes e o suficiente para suprir suas necessidades e expectativas.

Ficou com uma ou mais dúvidas? Então entre em contato comigo pelos comentários abaixo ou pelas redes sociais. Eu te retornarei pessoalmente com possíveis soluções para os seus questionamentos.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

13 dicas para aumentar conversão de vendas

Transformar um simples lead em um cliente fiel é vencer uma grande batalha. Isso porque, pela quantidade de empresas e marcas disponíveis no mercado atual, fica fácil perceber que a concorrência só tende a crescer assim, precisamos criar formas de nos destacarmos cada vez mais.

A pergunta que você precisa fazer é: Será que estou dando meu melhor para aumentar minha conversão de vendas? Será que minha equipe está treinada e motivada o suficiente para interagir e ajudar os interessados em meus produtos?

Não existe uma resposta certa apara cada um das perguntas e muito menos é possível encontrar uma solução única que se encaixe em qualquer modelo de negócio, mas de qualquer forma eu quero ajudar você…

 

13 dicas para aumentar conversão de vendas.

 

Com um pouco de experiência nesse ramo de mercado, vou te apresentar 13 dicas que irão colaborar para que você aumente sua conversão de vendas de forma rápida e certeira.

Será que você me dá um voto de confiança e fica comigo até o final desse artigo?

Espero que sim! 😉

Vamos lá?

 

Dica 1 para  aumentar conversão de vendas – Entregue mais

Fazer mais do mesmo nunca levou ninguém a lugar nenhum, concorda? Se você está montando uma estratégia para aumentar conversão de vendas, será necessário que se diferencie do mercado atual d alguma forma.

Se você se mantiver em sua zona de conforto, o resultado será mediado. O que será necessário é encarar novos desafios, trabalhar com metas ousadas e sempre procurar estar um passo a frente de seu concorrente para que seja possível vender mais.

Entregue mais do que o seu cliente espera e notará que ele se tornará um fã!

 

Dica 2 para  aumentar conversão de vendas – Trabalhe com clientes de diferentes níveis

Sei que sempre falamos que o ideal é que a gente defina quem é nosso público alvo para que assim, seja possível investir melhor nas estratégias de nutrição de leads, não é mesmo. Mas entenda uma coisa, dentro de um perfil de interesses é possível que tenhamos diferentes classes de investidos com as mesmas dores.

Eu falo isso pois, um cliente é importante de qualquer forma, tanto se ele comprar no atacado ou no varejo, concorda? Valorize e saiba diferenciar esse atendimento.

Quem compra no atacado, por exemplo, tem um valor de investimento maior e é um cliente que gera renda para s sua empresa, porém isso não significada que seja possível aumentar conversão de vendas com as vendas pontuais, concorda?

 

13 dicas para aumentar conversão de vendas

 

Dica 3 para  aumentar conversão de vendas – Faça a qualificação de leads

É preciso que você sempre lembre-se que para aumentar conversão de vendas, será necessário estar com a qualificação de leads em ordem. Isso porque, um lead não chega pronto para comprar, uma vez que, ele precisa passar por todas as etapas do funil.

Com isso, eu te pergunto, a sua empresa já tem um funil de vendas programado com base nas necessidades de seu produto? Se a sua resposta for não, pare tudo que está fazendo e comece a montar essa estratégia, pois ela é o passo fundamental dessa nutrição.

 

Dica 4 para  aumentar conversão de vendas – Valorize cada Feedback

Sei que por muitas vezes é ruim ouvir os comentários negativos de nossos atendimentos, porém são através deles que conseguiremos melhorar nossas táticas de ataque.

Será muito importante que sejam valorizados cada comentários nas redes sociais, cada retorno de e-mail ou cada solicitação de contato. Isso porque, é o seu termômetro perante o público, o que eu fará com que você enxergue se seu plano de ação está funcionando ou não.

Lembre-se que todo o feedback é MUITO bem vindo!

 

Dica 5 para  aumentar conversão de vendas – Foque na Retenção de cliente

Nosso foco sempre é conquistar novos clientes e vender para eles, no entanto se o nosso objetivo é aumentar conversão de vendas, precisamos nos preocupar em reter o maior número de clientes possíveis.

Vender para algum contato que já comprou de nós é muito mais simples e até mesmo mais barato, uma vez que, ele já conhece todo o processo de vendas de nossa empresa e já passou por ele.

Os ajustes são poucos, visando apenas melhorar a perfomace de nossas vendas, então fica muito mais fácil de converter.

 

13 dicas para aumentar conversão de vendas,

 

Dica 6 para  aumentar conversão de vendas – Quando mais informação gerar, mais receita você terá…

Entenda que quando trabalhar com o objetivo de aumentar conversão de vendas, precisamos saber que quando maior o número de informações que o nosso conteúdo gerar, maior será a nossa taxa de conversão.

Os leads precisam estar bem informados para se sentirem seguros para comprar e isso só é possível ser obtido quando você entrega informação de valor.

Não tenha meda de entregar o jogo, pois nada falará melhor por você que o seu produto, entende? Sendo assim, passe todos os detalhes importantes para que a ação de venda possa ser executada.

 

Dica 7 para  aumentar conversão de vendas – Trate o seu produto como único

Quando você decidiu-se colocar o seu produto no mercado é porque sabia que tinha um diferencial perante o seu nicho de mercado, não é mesmo? Então, é preciso que você se lembre disso a todo o momento e a todo custo, concorda?

Seu produto deve ser tratado como único e o melhor do mundo para que todos os seus leads entendam como é importante fazer a aquisição.

Nesse momento, vale tudo para ganhar esse destaque, sempre procure mostrar os melhores diferenciais e os que o destacam se seus concorrentes.

 

Dica 8 para  aumentar conversão de vendas – Você receberá muitos nãos

Trabalhar com vendas é aprender a trabalhar com os fracassos. Não tem jeito, muitas pessoas não vão enxergar o verdadeiro valor de seu produto, vão desmerecer, irão até mesmo falar mal, mas tudo isso deverá servir de incentivo para que você melhore e caminha mais a frente.

Aprender a lidar com um não nunca será uma tarefa fácil, mas a partir do momento que você entender que essa ação fará parte do seu processo de vendas, conseguirá criar estratégias para trabalhar melhor com isso, até mesmo melhorando a qualidade do seu atendimento ou de seu produto.

 

Dica 9 para  aumentar conversão de vendas – Mostre-se interessa no negócio

Dificilmente, você conseguirá converter em um primeiro contato, isso porque seus leads precisam de tempo para pensar e validar o processo. É justamente por esse motivo que o follow-up é tão importante para que seja possível aumentar conversão de vendas.

Não basta ir em reuniões, é preciso que o seu vendedor ou você mesmo, se estiver a frente da negociação, mostre-se interessado no processo e sempre fazendo o melhor para suprir as necessidades de seu cliente.

 

Dica 10 para  aumentar conversão de vendas – Estabelece prioridades

Toda estratégias para aumentar conversão de vendas  requer estabelecer prioridades, sendo assim, no final de cada dia é importante que você já tenha estabelecido quais os seus principais afazeres do dia seguinte.

Anote quem são os contatos que você ficou de dar um retorno, quais as propostas que deve enviar e quais são as pendência urgentes, pois dessa forma você já inicia seu dia tranquilo.

 

Dica 11 para  aumentar conversão de vendas – Tenha organização

É muito importante que todo o processo para aumentar conversão de vendas seja bem organizado  com etapas super bem definidas, pois a organização é fundamental.

A principal tarefa que você tem é estabelecer em qual etapa do funil o seu lead está para que assim, seja possível entregar um conteúdo focado no seu interesse.

Isso irá requerer de você muito planejamento e organização, ok?

Dica 12 para  aumentar conversão de vendas – Acredite na ajuda que seu produto fornece

Para que você consiga aumentar conversão de vendas de maneira categórica será necessário que seja feito um trabalho mental em você, pois é necessário que acreditar que o seu produto ou serviço está entregando uma solução de qualidade para o seu cliente.

Esse é o primeiro ponto para ter sucesso em sua estratégia.

 

Dica 13 para  aumentar conversão de vendas – Busque sempre novos clientes

Minha ultima dica em relação as formas para aumentar conversão de vendas é que você sempre separe um dia da semana para buscas novos clientes, para ir atrás mesmo e garimpar gente nova.

Ter um lista de contatos aquecida e grande é fundamental para que sua empresa consiga vender mais e melhor, então será necessário correr atrás de novos interessados.

Meu conselho é que você faça isso, ao menos, uma vez na semana, tudo bem?

 

Com essas 13 dicas para  aumentar conversão de vendas, não tem jeito de deixar sua taxa de conversão nas alturas, não é mesmo?

Tem alguma dúvida ou algo que queria acrescentar? Fique á vontade, pois eu quero te ouvir!

Até a próxima!

14 Sacadas Para Vender Muito no Dia dos Namorados

O dia dos namorados está chegando e o mercado digital está comemorando em grande estilo. Isso porque estamos falando, nada mais, nada menos, de uma das datas mais lucrativas para o setor de vendas.

  • Você está preparado para quebrar recordes de vendas nesse período especial?

Não? Tudo bem, não tem problema, pois ainda há tempo de se planejar e se preparar para vender muito. E tem mais, você é um grande privilegiado, pois chegou até aqui, justamente quando o assunto tratado será 14 sacadas para vender muito no dia dos namorados.

Ficou interessado? Então vamos juntos conferir tudo.

 

14 Sacadas Para Vender Muito no Dia dos Namorados

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #1 Encante o Público

A primeira coisa que você precisa fazer se o seu objetivo é vender muito no dia dos namorados é ter uma boa estratégia para encantar o público.

Nessas datas, pela alta concorrência que se mostra ativa, não basta o simples atendimento, é preciso ter aquele algo a mais.

Por isso, procure trabalhar as conexões com o público, tente gerar uma espécie de empatia, uma situação onde o potencial consumidor possa se sentir representado.

Uma ótima maneira de conseguir isso é contando histórias com os elementos de sua loja, produtos ou serviços. Insiram-nos dentro de um contexto que tenha o poder de conectar o público à sua marca.

Tenha certeza que dessa forma você venderá muito mais.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #2 Tenha Diferenciais

Como eu te disse no item #1 a concorrência nesses períodos parece que aumenta absurdamente, se tornando até mais agressiva.

Por isso, você deve se preocupar em trazer diferencias para o seu público alvo, isso fará com que você tenha uma espécie de vantagem sobre o seus concorrentes.

Para ter boas ideias quanto a esse objetivo, tente sair da sua zona de conforto. Estude um pouco sobre os seus concorrentes e com base nisso busque possibilidades para surpreender grandiosamente o seu potencial consumidor.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #3 Crie Uma Boa Vitrine

Engana-se muito quem acha que vitrines são importantes somente em lojas físicas. Você sabia disso?

Se não sabia é melhor deixar esse pensamento de lado, senão as suas chances de vender muito no dia dos namorados serão bastante diminuídas.

Para garantir que tudo está à seu favor, procure descobrir quais são os produtos que mais chamam a atenção do seu público alvo. Sabe aquele campeão de vendas? Sabe aquele que está na lista de desejos de todo mundo? Sabe aquela opção mais em conta? Sabe qual é aquele presente ostentação?

Então faça um misto dentre essas opções e crie uma vitrine de fazer o seu concorrente chorar e o seu potencial cliente ser simplesmente hipnotizado.

 

14 Sacadas Para Vender Muito no Dia dos Namorados,

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #4 Boa Navegabilidade

Tenho certeza que a sua pretensão quanto às vendas do dia dos namorados é obter o máximo de clientes possível, certo?

Então, o que você me diria se a sua loja atraísse milhões deles, mas ao final de tanta movimentação poucas conversões forem feitas, pelos simples fato do usuário não conseguir encontrar nada em seu site ou seu servidor não aguentar tanto tráfego?

Seria um desastre, não é mesmo?

Então se preocupe com isso e faça alguma coisa para que você não se arrependa depois.  Foque em verificar a capacidade do seu servidor e estruturar o seu site para que ele tenha uma boa navegabilidade.

Uma das coisas que mais fazem o potencial consumidor escolher o seu site e não o do seu concorrente é o fato dele entregar uma boa experiência de navegação, isso quer dizer, um site com carregamento rápido, com informações organizadas, claras e acessíveis a poucos cliques de distância.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #5 Invista em Design

Muita gente acredita que o design é besteira, que não passa de um simples item decorativo, mas esse é um tremendo erro.

Recentes pesquisas comprovam que mais de 30% dos potenciais consumidores compram com base no design do site. Sabia?

Então, se você quer começar o jogo com todas as chances possíveis de ganhar, não se esqueça de escalar o design.

Procure construir um ambiente atrativo e ao mesmo tempo confortável de ficar. Aposte em itens grandes para chamar a atenção para a oferta, mas não se esqueça de deixar áreas de respiro visual.

Fotos de boa qualidade pode ser um excelente começo. É importante que você não utilize fontes coloridas em um fundo fluorescente, cheio de fotos que pesam o seu servidor. Não é isso!

Você deve praticar o bom design, aquele que transmite ao usuário confiança, credibilidade, segurança, conforto e tudo mais que a sua empresa possui.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #6 Promoções Limitadas

Quer atrair ainda mais clientes em potencial? Então está na hora de você criar um plano de ação que prevê promoções limitadas.

Isso quer dizer, promoções que ocorram próximas ao dia 12 e até mesmo no dia para atrair a atenção do cliente.

Obviamente, para a tática funcionar, as promoções devem ser bastante limitadas, sejam por tempo ou por número de produtos e, sobretudo, devem ser muito boas.

Não adianta fazer aquela promoção de Black Friday fraudulento. Elas precisam ser reais. Você verá que com essa simples ação, você conseguirá milhares de interessados e as atenções estarão todas voltadas para a sua marca.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #7 Combos Especiais

Não sei ao certo se essa é uma característica específica para o dia dos namorados, mas fato é que nesse período existe uma alta procura por combos especiais.

Sabe aqueles kits compostos por diversos produtos e são oferecidos com descontos? Esses mesmo! Os consumidores ficam loucos por ele.

Por isso, verifique qual é o perfil do seu público alvo e monte combos especiais para essa data baseados nos interesses do seu potencial consumidor.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #8 Campanhas Adwords

Quer aumentar a escala de alcance da sua loja online? Então esse é o momento ideal de você criar campanhas no Adwords e realizar uma bela divulgação de seus produtos exclusivos para o dia dos namorados.

Se você tem uma loja física, talvez seja muito interessante realizar campanhas com enfoque regional. Essa simples ação poderá trazer muitos interessados para a sua loja, principalmente, aquele (a) namorado (a) atrasadinho, que deixou para comprar o presente na última hora.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #9 Embalagem Especial

São as simples ações que conquistam o público e geram conversões. Nessa data em especial, o mínimo detalhe em questão são as embalagens.

Isso mesmo! As pessoas podem definir se compram ou não determinado produto de acordo com a embalagem que você oferece a ela. Isso porque, grande parte dos produtos adquiridos no dia 12 é para presentear alguém e nada melhor do que comprar o presente e não ter que se preocupar com embalagem, não é verdade?

Além disso, a embalagem pode ser um “plus” que a sua marca oferece na visão do consumidor, mas também é uma ótima oportunidade para que você entregue ao cliente a sua marca para que ele leve para casa e continue a lembrar do seu negócio.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #10 Vale Presente

Por mais íntimos que possam parecer os presentes dessa data, pode acreditar, muita gente não sabe o que dar para o seu parceiro ou parceira.

Você aí, do outro lado da tela, já escolheu qual será o presente do dia dos namorados?

Ciente desse complicador, você tem em mãos uma mega oportunidade de descomplicar tudo com uma simples ação. Criar um cartão de vale presentes.

Pode parecer frio demais, mas muita gente opta por esse presente para não errar na escolha.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #11 Descontos e Brindes

Você já deve saber que os descontos e os brindes são excelentes atrativos para os potenciais consumidores, não é verdade?

Principalmente nesse momento em que tanto se fala em crise financeira, oferecer brindes e descontos poderá ser um belo diferencial de sua loja.

Então, não economize nas ideias, pense em descontos para a próxima compra, brindes que compõe o presente, ou seja, entregue o melhor e você verá o retorno em seus rendimentos.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #12 Pagamentos

Não tem nada mais terrível do que perder vendas pelo fato de você não aceitar a forma de pagamento que o cliente possui. Concorda?

Por isso, se prepare também para esse tipo de eventualidade. Tente oferecer aos clientes as mais variadas formas de pagamento, certamente você aumentará as suas vendas significativamente.

 

vendas

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #13 Mídias Sociais

Se você ainda não está presente nas Mídias Sociais esse é o momento de começar a investir nessas plataformas.

Muito provavelmente, você mesmo possui perfis ativos nesse tipo de rede, não é verdade? A questão é que você não é uma exceção, hoje as maiorias das pessoas estão conectadas e consomem por influência das mídias sociais.

Por isso, promova campanhas especiais, aproveite para abrir o canal de comunicação com o seu público, gere engajamento, atraia interesse.

As Mídias sociais possuem excelentes oportunidades, ainda mais nesse período especial.

 

Vender Muito no Dia dos Namorados – Sacada #14 Atendimento

Estamos quase chegando ao fim, mas não podemos encerrar antes de pontuar a importância de ter um bom atendimento.

Claramente, o bom atendimento é item imprescindível em todas as épocas do ano, mas em períodos como esse, onde o movimento é muito forte é necessário ter uma preparação especial, uma vez que o trabalho se multiplica. Correto?

Se você suspeita que não vai dar conta sozinho de manter a qualidade do atendimento, prepare uma equipe qualificada para lhe ajudar nesse setor. Isso porque ele é um dos principais responsáveis por atrair conversões para o seu negócio.

Pronto! Agora é hora de aplicar tudo que você aprender por aqui. Espero que esse conteúdo tenha sido extremamente relevante para você.

Ficou com dúvidas? Entre em contato pelas redes sociais ou deixe um comentário abaixo. Pode ter certeza que eu vou te retornar o mais rápido possível.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

Mitos sobre Inboud Sales que você precisa conhecer!

Se você trabalha no ramo de vendas online há algum tempo, já deve ter ouvido falar do Inbound Sales, não é mesmo? É um método de vendas totalmente fora do tradicional, pois não visa o aumento de conversão com a estratégia de correr atrás do cliente para que a compra seja feita. Sua utilização de baseia em uma atitude inversa que é atrair o cliente até você, entregando o valor de seu produto e assim, despertar o desejo de compra dele.

É uma técnica de vendas bastante utilizada fora do Brasil, mas que passo a passo já caminha aqui dentro, pois algumas marcas perceberam que vender a todo custo não é o suficiente para fidelizar clientes. Temos que ir além, fazer com que nossos produtos sejam sonhos de consumo, criando expectativas no momento da compra.

 

Mitos sobre Inboud Sales que você precisa conhecer.

 

Você pode me questionar: “Isso é possível, Tiago?!”

Claro que sim, basta que você enxergue o valor de seu produto e quando digo valor, não quero dizer o preço de venda, mas sim as mudanças e os benefícios que sua aquisição irá trazer a venda de seu cliente. Isso é algo que não tem preço!

Para entender melhor o funcionamento da estratégia de Inbound Sales, preciso que seja compreendido as etapas do funil de vendas, pois apenas dessa forma será possível lhe apresentar alguns mitos que já deve ter ouvido por ai sobre sua utilização.

É por isso que lhe convido para que me acompanhe até o final desse material, pois quero te ensinar tudo sobre Inbound Sales.

Vamos lá?

 

Funil de vendas para Inbound Sales

Vamos analisar rapidamente como funciona um funil de vendas para Inbound Sales, mas o importante aqui é lembrar que cada corporação tem suas etapas que podem ser acrescentadas ou retiradas do modelo que vou apresentar aqui, ok?

Baseie o meu funil de vendas Inbound Sales em 4 pilares, pois são os que julgo mais importante para a aplicação dessa técnica, são eles:

  1. Quem é o seu público: Nessa primeira etapa é o momento da identificação de seu público alvo, então você precisará prestar muita atenção em todas as visitas que o seu site, loja virtual ou ecommerce tiver. É preciso identificar quais são os maiores interesse desse público, qual a sua dor e o que estão procurando. Esse é o momento de colheita de dados, então você precisa entregar valor a ele, com conteúdos de qualidade e que tenham relação com seus produtos ou serviços para que assim, ele avance para a próxima etapa do funil;
  2. Criando leads: Nessa etapa é preciso se preocupar em tonar um simples visitante em um lead quente e tudo isso irá ocorrer com a nutrição de leads. Você já sabe qual é o seu tipo de público, já tem ideia de qual são suas páginas mais visitadas e quais ainda precisam ser ajustadas, não é mesmo? Então, chegou o momento de cativar, separe seus leads em grupos de interesse para que seja possível fornecer uma melhor qualidade de informações.
  3. Enxergue as oportunidades: Talvez, esse seja o momento de fazer o primeiro contato, pois você já consegue mensurar a taxa de abertura das campanhas de e-mail marketing, consegue visualizar os seus acessos diários, de onde eles estão vindo e por ai vai. Não sei exatamente se o seu público já está pronto para comprar de você, mas que tal dar um período de utilização grátis de sua ferramenta? Ou fazer uma avaliação gratuita para que eles comecem incorporar a sua empresa em seu dia a dia?
  4. Transformando acessos em clientes: Esse é o momento da cartada final, com todos os testes feitos, o seu time de vendas pode ficar preparado para atender as necessidades. É muito comum que depois de um período de avaliação grátis, o usuário sinta uma enorme necessidade da compra, uma vez que, ele já incorporou o item a sua rotina, logo as chances de conversão são certas.

Com essas 4 etapas fica muito mais fácil entender como funcionará o passo a passo de um funil de vendas focado na técnica Inbound Sales, não é mesmo? Mas tenho certeza de que você está muito curioso para compreender quais são os mitos que rodeiam esse assunto…

Vamos para eles agora mesmo!

 

Principais mitos sobre Inbound Sales

Para tudo quando é técnica que existe no marketing digital, muitos mitos e verdades são criados, pois são diversos profissionais dando opiniões diferenciadas, sendo assim, eu consegui identificar alguns que são mais recorrentes e gostaria de apresentar para você.

 

Mitos sobre Inboud Sales que você precisa conhecer,

 

#Mito 1 – Inside  Sales e Inbound Sales é tudo igual

Esse é um dos primeiros pontos que causam uma grande confusão no meio do marketing digital, mas não culpo esses profissionais, pois os termos são muito parecidos mesmo e podem causar um desconforto de entendimento.

Para começar, é preciso entender que Inside Sales e Inbound Sales, não é a mesma coisa. Cada um desses termos tem técnicas e aplicações bem diferentes.

Como falamos acima, o Inbound Sales é uma técnica relaciona a atração de leads de forma natural, é fazer todo um planejamento de ação para que os interessados cheguem até a sua marca e querem comprar de você.

Já quando falamos em Inside Sales é um método de trabalho para vendas internas, onde se trabalham ações para que os vendedores possam fazer todo o atendimento dentro da base, sem a necessidade de sair às ruas.

Pode parecer que são quase a mesma coisa, mas acredite, não são!

 

#Mito 2 – Apenas a criação de conteúdo vai garantir minhas vidas

Posso lhe garantir que a geração de conteúdo de qualidade é fundamental em uma estratégia de Inbound Sales, até porque todas as ações serão baseadas no Inbound marketing, no entanto esse conteúdo é apenas um dos pontos necessário para o caminho do sucesso.

A sua equipe de vendas precisa ser treinada para atender o seu clientes da melhor forma possível, pois nada irá substituir o atendimento pessoal, entende?

O que funciona mesmo é dar treinamentos de qualidade para toda a sua equipe de vendas para que eles estejam totalmente inteirados dos processos, saiba quem são os seus clientes e qual a melhor forma de ajuda-los a completar a venda.

A melhor forma de aumentar suas conversões é ter uma equipe de vendas unida e focada em bater metas.

 

#Mito 3 – A venda direta não pode ocorrer

É comum que alguns membros de sua equipe estejam mais engajados com seus produtos e assim, consigam gerar conversão atrás de conversão em contatos diretos. Achar que isso não pode ocorrer é errado, pois seria desperdiçar uma oportunidade de ter um aumento de resultado.

O que não pode acontecer em uma estratégia de Inbound Sales é que todo o foco do planejamento seja esse modelo de negócio, entende? Isso pode acontecer de forma natural, mas sem ser o combustível de suas vendas, senão perde-se o foco da ténica e passa-se a usar outras tendências.

No mundo das vendas tudo é muito permitido, desde que não infrinja o direito do consumidor e quem não faça com que sua autoridade seja comprometida. Cumprindo esses requisitos e com o uso da transparência, tudo pode ser executado sem grandes dores de cabeça.

 

Mitos sobre Inboud Sales que você precisa conhecer!

 

#Mito 4 – Todo lead já chega pronto

É errado achar que um lead já chega até você pronto para efetuar uma compra, isso porque por muitas vezes ele até sabe qual o problema que precisa de solução, porém não consegue ter clareza que como seria possível solucioná-lo.

Esse papel de doutrinar cada a você, pois será através de conteúdos informativos que será possível apresentarem suas propostas de trabalho e as formas que você tem em mãos para ajudar a solucionar o problema.

Pode sim ocorrer de alguns leads já estarem prontos o suficientes para executar a ação de compra, mas lhe garanto que será raro, viu?

 

Agora que você já sabe tudo sobre Inbound Sales, está pronto para fazer a aplicação em seus negócios? Posso lhe garantir que quando você começar a colocar a sua estratégia para funcionar, tudo irá melhorar no seu setor de vendas.

Caso tenha ficado com alguma dúvida ou que então, no meio do processo em execução apareça algum problema, volte aqui e entre em contato comigo, pois tentarei te ajudar da melhor forma possível!

Quero agradecer a confiança e lhe convidar a companhar nossas postagens diariamente!

Até logo!

Sucesso em suas conversões!