O que precisa ter em um planejamento de marketing?

Quando uma empresa surge no mercado, é natural que hajam concorrentes no mesmo segmento. Para que a sua empresa consiga se destacar e conseguir uma fatia de mercado, é necessário que haja um planejamento de marketing.

O planejamento de marketing é fundamental para análise da empresa, definição dos objetivos a serem alcançados, plano de ação e metodologia.

Dentre esses fatores, será possível a combinação da parte teórica do estudo com a parte prática, o que de fato será feito para alcançar o objetivo.

Hoje, nós do Mestre do Adwords vamos lhe mostrar o que precisa ter em um planejamento de marketing.

Vem com a gente?

 

plano-marketing-pessoal-internet

 

#Análise da Empresa – Diagnóstico

A análise da empresa, parte do princípio do levantamento de todo o histórico empresarial.  Esse histórico, deve compreender períodos anteriores ao momento atual, cerca de pelo menos 6 meses antes.

Compreende a situação da empresa internamente, como:  quais foram as estratégias utilizadas anteriormente e atualmente para alcançar os objetivos, parte financeira, quais os produtos e/ou serviços que mais são vendidos e os que não apresentam uma fatia considerável de vendas.

Em fatores externos, podemos incluir análise dos concorrentes e seus comportamentos no mercado.

Com o levantamento de todos esses dados, é possível traçar uma comparação de como a empresa estava há uns meses e como está no momento atual.

É excelente para conhecer e avaliar os pontos positivos e fraquezas, além de futuras oportunidades.

#Objetivos

Quando a sua empresa iniciou, certamente os objetivos iniciais eram de construir a sua marca, tornando-se conhecida e conquistando clientes.

Esses objetivos podem e devem ser aperfeiçoados com o passar do tempo. Mas é importante você analisar quais são os objetivos futuros, e de que ações serão aplicadas para alcançar os resultados esperados.

Essa parte do planejamento de marketing é muito importante para que sua empresa saiba qual será o caminho a ser trilhado.

Quando há a definição de qual será o objetivo a ser alcançado, é importante que todos os setores da empresa tenham conhecimento dessa definição, pois poderão trabalhar em conjunto com maior clareza, e, assim, obter uma facilidade em atingir o que foi proposto.

 

plano-de-marketing

 

#Plano de Ação

Depois da definição dos objetivos a serem alcançados, é hora de elaborar o plano de ação. No plano de ação, serão elaboradas as estratégias e ações a serem executadas, objetivando sempre o alcance dos resultados esperados.

Para que o seu plano de ação tenha eficiência e eficácia, é necessário levar em consideração os seguintes pontos:

  • O que será feito para alcançar o objetivo?
  • Quando será executado?
  • De quanto será o investimento aplicado para atingir o objetivo?

Com essas perguntas respondidas, o plano de ação será montado, e a sua empresa conseguirá colocar em prática essas medidas adotadas.

#Metodologia

As práticas, medidas adotadas no plano de ação entram agora na parte de metodologia. A metodologia são os meios que serão aplicados todas as estratégias definidas no plano de ação, conforme o objetivo da empresa.

#Comunicação

Os meios escolhidos para aplicar as estratégias de execução do seu objetivo devem possuir um grande caráter comunicacional.

Analisar quais serão as mídias utilizadas como veículo de comunicação para atingir o seu público, qual o tipo de comunicação que será usada, são fatores primordiais para alcançar o seu objetivo com sucesso.

Atualmente, muitas empresas procuram investir em conteúdos relevantes e engajados nas mídias sociais, como: Facebook, Instagram, Twitter e até o Youtube.

É importante, alinhar o seu objetivo juntamente com a comunicação.  Se, o seu público estiver presente no meio virtual e o seu objetivo é obter uma maior conversão de vendas em seu site, a internet é o seu veículo de comunicação.

Procure definir também qual e como será a mensagem a ser transmitida para atingir o seu público alvo.

Todas essas características comunicacionais são fundamentais para garantir o alcance do seu objetivo.

 

plano marketing

 

#Monitoramento das estratégias

Com todo o plano em ação, é hora de a sua empresa ficar a par de como todo esse plano está sendo recebido pelo público alvo, através do monitoramento das estratégias.

O monitoramento das estratégias pode ser realizado através de algum programa específico de métricas, ou coleta de dados semanal de como andam as vendas, seja em site ou loja física, se for o caso.

Com esses dados, é possível avaliar a recepção do público alvo, frente às novas estratégias adotadas, e pode-se trabalhar já de imediato em pontos de melhoria, se houver.

#Feedback do cliente

Além de realizar o próprio monitoramento, a empresa pode atribuir a seu planejamento de marketing, a coleta de dados do próprio cliente.

Essa coleta pode ser realizada através de pesquisas de participação, onde o cliente coloca sua opinião, frente à questões que envolvam:

  • Qualidade do serviço e/ou produto prestado, se voltaria a comprar, e se tem algum ponto de melhora.

São informações muito importantes, que fornecerão à empresa um parâmetro de como seu produto e/ou serviço está sendo visto pelo público no mercado.

Essa pesquisa de satisfação pode se apresentar nas mesmas mídias que foram escolhidas como forma de divulgação do produto e/ou serviço, ou também, através de e-mail marketing do pós venda.

De qualquer forma, é importante a existência dela.

#Retenção dos clientes

Se ocorrer dos clientes do seu produto e/ou serviço demonstrarem insatisfação, é importante você sempre avaliar o que ocorreu.

Com a globalização das mídias sociais, é comum que os clientes se utilizam de seus perfis na internet, para mostrarem tanto qualidade, quanto a insatisfação frente à produtos e/ou serviços adquiridos.

Ficar atento à pesquisa de sua marca nas redes sociais é muito importante, pois através dela, será possível saber como sua marca está sendo vista.

Se ocorrer a insatisfação, sempre procure observar o que o cliente mencionou e se aquilo procede de alguma forma.

Independente da procedência de uma possível reclamação, é fundamental reter esse cliente. Essa retenção pode surgir através do contato direto, sempre investigando o ocorrido e retornando com uma posição.

Assim, além de demonstrar que há preocupação com o cliente, você conseguirá retê-lo como um cliente fiel, e proporcionar uma boa experiência do atendimento para esclarecimento de intercorrências ocorridas.

Curtiu? Deixe seu comentário para que a gente conheça a sua opinião!

Até mais.

O que é vendarketing?

Seu negócio já deve estar por dentro das principais práticas do marketing digital para obter um bom posicionamento de marca, não é mesmo?

Sabe-se que há várias formas de trabalhar cada estratégia, não existe um jeito fixo para que diferentes marcas alcancem o mesmo objetivo.

Cada uma precisa desenvolver metodologias próprias para chegar ao próximo nível, conquistando clientes e gerando cada vez mais conversões.

Muitas vezes, as empresas conseguem atribuir um bom planejamento de marketing para gerar vendas do seu produto, mas no final das contas, as vendas não estão conforme a empresa espera.

  • Você sabe por que isso acontece?

Por causa de uma desordem, um desalinhamento entre os setores de marketing e vendas.

Muitos não se atentam a isso, mas é imprescindível que o seu setor de marketing ande em conjunto com o de vendas para que seja possível alcançar melhores resultados.

Esse “conceito” é o que define o Vendarketing. Nunca ouviu falar disso? Então vem com a gente que iremos lhe mostrar como funciona.

 

sales-marketing

 

O que deve ocorrer entre os setores no Vendarketing?

Como dissemos acima, o Vendarketing é uma estratégia que visa alinhar os setores de marketing e vendas em prol da conquista de um objetivo, como aumentar o volume de conversões do negócio, por exemplo.

Só que nem sempre isso acontece, algumas empresas adotam estratégias de marketing para impulsionar o seu negócio, seu produto e/ou serviço, deixando o setor de vendas sem informações necessárias para gerar conversões em maior volume e assertividade.

Se algo não deu certo, não saiu como o planejado pela área de marketing, os setores começam a encontrar formas de atribuir a responsabilidade para o setor de vendas, ou vice e versa. Dessa forma, um setor culpa o outro pelo não retorno esperado.

É importante que haja uma sintonia entre os dois setores, buscando a comunicação intensa, clara e direta através de reuniões, apresentações de estratégias e treinamentos com as equipes.

A interação entre os dois times são muito importantes, para que não haja principalmente, a falha de comunicação, de informação repassada.

 

vendarketing

 

O que fazer para integrar os setores de marketing e vendas?

Reunião inicial antes da aplicação da estratégia é fundamental para que todos estejam cientes desse planejamento e das ações que serão executadas.

Após a implantação, interessante fundamentar um calendário de reuniões, que podem ser a cada 15 dias, um mês, variando conforme o planejamento da duração da campanha.

É importante que haja uma mensuração dos resultados, da percepção do público alvo frente à campanha veiculada nas mídias pelo setor de marketing.

De posse dos resultados até o momento, é ideal que eles sejam compartilhados, em reunião, com o time de vendas.

Com a apresentação dos dados atuais, o setor de vendas conseguirá ter uma percepção de como andam os esforços em conjunto dos setores, para obtenção de receita para a empresa.

O setor de vendas conseguirá desempenhar um papel mais fundamentado na elaboração das estratégias de vendas dos produtos e/ou serviços, sempre com o objetivo de alavancar as vendas.

Com esse trabalho em conjunto, certamente o time de marketing e a área de vendas, conseguirão ter um bom relacionamento e embasamento para compreensão de como anda o processo do marketing da empresa.

 

vendarketing

 

Como aplicar o Vendarketing na prática?

Para que toda essa teoria seja aplicada na prática, importante determinar algumas ferramentas que irão lhe ajudar a chegar ao seu objetivo, principalmente no sucesso comunicacional entre os setores.

  • Redução de atritos

Importante que ambos os setores, compreendam e exerçam a redução dos atritos.  Deve ficar muito claro e bem estabelecido, que os setores de marketing e vendas devem trabalhar juntos, sempre em prol do objetivo em comum: galgar o aumento de vendas.

Fundamentar em reuniões todos os pontos elaborados pelo setor de marketing, divulgando claramente essas decisões para o setor de vendas. Assim, não haverá mais desculpas para uma possível transferência de responsabilidade sobre alguma decisão tomada e não comunicada.

  • Implantação de SLA

Para que toda a métrica seja fundamentada em sistema, como forma de garantir o acompanhamento e execução do planejamento, a implantação do SLA é um grande aliado para ambos os setores.

O SLA, ou Acordo de Nível de Serviço, como é conhecido, é uma ferramenta muito utilizada por grandes empresas, principalmente no setor de Call Center, como forma de controlar e garantir toda a execução do planejamento.

Porém, essa ferramenta pode ser auxiliada por empresas de portes pequeno, médio ou grande.

Através do SLA, a empresa consegue tornar público todos os direitos e deveres de cada setor que tem participação ativa em determinado processo.

É uma forma de todos os envolvidos, poderem acompanhar em tempo real como está o andamento do processo.

O SLA atua diretamente na demonstração de números. Os números serão os principais fatores que contribuirão diretamente na redução de atritos e no caminho natural para os setores trabalharem para alcance do objetivo.

Isso por que, com base na visualização dos números, nenhum dos setores, marketing e vendas, poderão transferir uma responsabilidade de culpa uma para o outro, pelo não alcance dos resultados.

É uma forma de apaziguar e fazer com que os setores trabalhem em conjunto, mesmo sem perceberem, para conseguir obter números positivos via SLA, uma vez que não há possibilidade desses dados serem alterados em prol de um ou de outro setor.

 

Em empresas maiores, é comum que haja uma participação maior de pessoas que até o momento não estavam envolvidas no processo, e agora fazem parte.

Sem a existência do SLA, é bem possível que haja um aumento de buracos nos processos entre marketing e vendas, ocasionando grandes problemas para um bom trabalho, e obtenção de resultados.

Com a existência do alinhamento de processos, através da comunicação e implantação de sistemas que garantam todo o bom funcionamento, a diminuição desses buracos é possível.

Proporciona-se então, uma grande otimização do processo, além do estimulo à boa comunicação entre os setores envolvidos, e claro, a obtenção de resultados positivos ao longo do alcance do objetivo.

Dessa forma, quando se trata de elaboração de estratégia de marketing e obtenção de vendas voltadas para o seu produto e/ou serviço, sua empresa deve ficar atenta em como anda a situação atual dentro dos seus próprios setores.

De nada adiantará ter um bom planejamento de marketing estratégico, se o seu setor de vendas não está à par dos esforços necessários para conseguir conquistar os resultados.

É muito importante que sua empresa atente-se a esse fator interno, pois muito dos seus problemas em conversão de vendas, podem estar relacionados à falha de comunicação entre os seus setores de marketing e de vendas.

Assim, faça um levantamento interno primeiro, e posteriormente, um levantamento externo, de como o público recebe a sua marca na internet.

Esperamos ter lhe ajudado! Ficou com alguma dúvida? Venha conversar com a gente ou deixe sua pergunta nos comentários abaixo.

Desejamos-lhe sucesso sempre!

Forte Abraço.

Estratégias para aumentar as vendas no começo de ano

Depois do fechamento de um ano de muito trabalho, é chegada a hora do balanço do ano que se encerrou. Verificar quais foram os lucros, prejuízos, acertos e erros e, assim, planejar o próximo ano que entrará.

Com base nesse levantamento de dados, é necessário haver a elaboração de estratégias para aumentar os números de vendas no começo do ano.

Sabe-se que no início do ano, os brasileiros possuem muitas contas a serem pagas, como por exemplo: matrícula da escola dos filhos, compra de material escolar e impostos, como IPVA, DPVAT e etc.

Essas contas pesam muito no orçamento financeiro, e certamente algumas pessoas destinam parte do pagamento do 13º para efetuar o pagamento dessas “dívidas”.

Então, com todas essas pendências, o que acaba vigorando no início do ano são os famosos descontos na aquisição de produtos e/ou serviços.

Além disso, vamos apresentar abaixo outras estratégias para aumentar as vendas da sua empresa.

 

aprenda-a-aproveitar-o-final-do-ano-para-alavancar-as-vendas

 

#1 – Descontos

Como dito acima, as obrigatoriedades com relação às pendências financeiras no início do ano faz com que as pessoas, em geral, fiquem um pouco receosas em realizarem novas compras.

Por outro lado, apesar de muita gente ter medo desse período, é possível sim aumentar as vendas de sua empresa com a aplicação de descontos sobre os seus produtos e/ou serviços.

Depois das épocas de festas, é comum as lojas apresentarem um grande número de produtos em estoque, e para acabar com esse estoque, nada melhor do que ofertar um grande desconto como forma de atrair o cliente.

Portanto, a aplicação de descontos é uma ótima forma de atrair a sua clientela já existente, assim como gerar novos leads.

#2 – Geração de Leads

Em conjunto com a aplicação do desconto, a geração de leads é fundamental para que as pessoas tenham conhecimento da sua marca e apresentem então um potencial em se tornarem seus clientes.

Com a divulgação de seus produtos e/ou serviços nos diversos meios de comunicação que sua empresa está inserida, você consegue se utilizar da ferramenta de desconto, promoção e conseguir gerar leads.

A geração de leads em mídias sociais deve ser acompanhada de um perfil profissional da empresa, onde serão inseridos conteúdos relevantes e, claro, imagens dos produtos, sempre com muita qualidade e informando o cliente em potencial sobre as promoções existentes.

Se a sua empresa possuir um site ou blog, divulgá-los nas redes sociais, como Facebook e Instagram, através de links, pode ser uma ótima forma de atrair leads.

Com isso, o seu cliente se sentirá atraído pelo seu produto, a fim de clicar no link e obter maiores informações sobre sua marca e produtos e/ou serviços oferecidos.

 

vendas no começo de ano

 

#3 – Redes Sociais

As mídias sociais atualmente são excelentes ferramentas de marketing para os mais variados tipos de negócios, afinal, é quase impossível encontrar alguém que não tenha, ao menos, um perfil em uma dessas redes. Concorda?

Se você ainda não está presente nas redes sociais, chegou o momento de investir nessas plataformas.

Crie uma página no Facebook voltada para a sua empresa pode ser um bom começo. A plataforma é a maior rede social existente na atualidade, e a partir da inserção da sua empresa na rede, é possível estabelecer um vínculo maior de comunicação com os seus clientes, e ainda ter a possibilidade de conquistar novos consumidores em potencial.

Através da postagem de fotos, textos, transmissões ao vivo, sua empresa cria uma comunicação mais interativa e despojada, que pode ter alcance no Brasil todo, e até internacionalmente.

Já no twitter, textos curtos e Twitcam são as possibilidades de uma comunicação mais rápida, que proporciona uma chamada para alguma novidade ou promoção disponível em outros links da sua empresa.

O segredo aqui é estudar seu público alvo para saber em qual rede social eles mais estão presentes e ativos. Será através dessa resposta que você escolherá em qual mídia o seu negócio deve marcar presença.

#4 – Time de Vendas

Para que o seu negócio consiga aumentar as vendas no começo do ano é importante que você não coloque todas as expectativas sobre o seu setor de vendas.

Isso porque as conversões dependem de toda a equipe, do time que trabalha em cada processo, no engajamento em relação ao propósito principal do negócio.

  • Você tem um time forte e unido que trabalha direcionado à um objetivo claro?

Saiba que isso é imprescindível. Então sempre ofereça treinamentos entre os setores, estímulos motivacionais, técnicas de vendas aliadas a uma boa comunicação e pró-atividade.

#5 – E-mail marketing

O e-mail marketing é uma ótima ferramenta estratégica para aumentar as suas vendas no início do ano.

A partir dele é possível manter seus leads quentes, além de reavivar contatos um pouco frios, os trazendo para mais perto através de novidades apresentadas.

 

aumentar as vendas no começo de ano

 

#6 – Programas de Indicação

Dentro do e-mail marketing e das redes sociais, é possível que sua empresa se utilize da estratégia dos programas de indicação.

Os programas de indicação servem para que os clientes da sua marca tragam novos clientes.  Essa estratégia é aplicada da seguinte forma:

  • O seu cliente receberá um convite, seja por e-mail marketing ou através das redes sociais, onde ele será convidado a indicar alguns amigos.

Com essa indicação, geralmente em torno de 3 amigos por cliente, o indicador terá um desconto já pré estabelecido, em compras de produtos e/ou serviços.

Essa é uma ótima ação para aplicar no início do ano, pois você consegue atrair o seu cliente para realizar compras e, ainda, captar novos consumidores em potencial.

Assim, haverá uma grande propagação da sua empresa pela internet, gerando leads e conversão em vendas.

#7 – Site Mobile

Além da inserção em mídias sociais e a realização de descontos, construir um site mobile é excelente para sua empresa.

As pessoas passam mais tempo navegando pela internet do celular do que pelo computador. Então, não espere que a pessoa chegue em casa e acesse seu computador para ver todas as novidades.

Invista em um site mobile com todas as informações necessárias e úteis para que o seu cliente tenha um excelente experiência, independente, do dispositivo pelo qual ele está acessando.  Fotos, botões, links, permitem a facilidade do acesso virtual.

É isso! Esperamos ter lhe ajudado. Está com alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários abaixo ou venha conversar com a gente através das redes sociais do Mestre do Adwords. Será um prazer poder lhe ouvir!

Forte Abraço.

É possível obter leads com Instagram?

O Instagram é uma das mídias sociais mais famosas do mundo, perdendo apenas a posição de mais visto para o Facebook.

Surgiu em 2010 com a função de postagem de fotos com filtros, tornando o aplicativo ideal para quem adorava tirar fotos e postar, sem necessidade de escrever qualquer coisa.

Por outro lado, a partir do ano de 2015, o Instagram conquistou uma grande ascensão como mídia social, permitindo que além de fotos, fossem postados vídeos curtos.

Desde então, o aplicativo passou por grandes mudanças, incluindo funções de vídeos mais longos, com filtros, similar ao aplicativo Snapchat.

Com essa notoriedade, muitas empresas passaram a utilizar o Instagram como fonte de divulgação de seus negócios, conquistando novos clientes ao redor do Brasil e do mundo.

Se você tem um negócio e quer saber exatamente como é possível obter leads com Instagram, esse conteúdo é para você.

Nós, do Mestre do Adwords, vamos lhe contar tudo sobre esse assunto à seguir.

 

seguidores-para-o-Instagram

 

O que é Lead?

Para compreender melhor esse universo do marketing digital no Instagram, você precisa saber exatamente o que é um Lead.

Lead tem por significado, pessoas que entram em contato com você, atrás de informações sobre seus produtos e/ou serviços, a fim de conhecer um pouco mais sobre o que você está oferecendo.

Resumindo? Podemos chamar um lead de um consumidor em potencial.

Dessa forma, entendemos que no universo do Instagram, os leads, são os usuários que visitaram o perfil da sua empresa e se interessam pelo que você está oferecendo, seja algum produto e/ou serviço, e desejam maiores informações sobre o que está sendo ofertado.

Como funciona no Instagram?

Com a popularização do Instagram no meio virtual, muitas empresas o viram como uma grande ferramenta de divulgação dos seus negócios. Muito disso, se deve à presença de grandes celebridades atuantes na rede, e também os chamados digitais influencers.

Os digitais influencers são pessoas que conquistaram milhares de seguidores em seus perfis nas mídias sociais, como o Instagram, e devido à grande popularidade, muitas empresas realizam parceira com eles para divulgação de suas marcas.

Além dessa forma, que geralmente demanda um investimento alto para anúncio, há formas que demandam um investimento pequeno, ou até mesmo um custo zero na divulgação.

 

obter leads com Instagram

 

Formas gratuitas de divulgação no Instagram

Antes de existir a divulgação de produtos e/ou serviços em perfis dos digitais influencers, existiu e ainda existe a divulgação gratuita no instagram.

Para as empresas que estão inseridas nas mídias digitais, o Instagram é uma ótima forma de promover a sua marca.

Com postagens diárias de fotos dos seus produtos e/ou serviços, o seu perfil no Instagram deve ser aberto ao público.

Fotos que apresentam uma qualidade de resolução e que contém informações relevantes são fundamentais para que os clientes em potencial sejam atraídos para o seu perfil.

A biografia do seu perfil é o que descreverá o seu negócio, portanto é bom caprichar. Informações simples, como o nome da sua marca, qual o segmento atuante e colocar um link externo para acesso, são ferramentas que permitem a esses leads pesquisarem informações sobre sua marca.

A utilização de hashtags nas postagens são formas de atrair o público para seu perfil, para que conheçam a sua marca.

As Hashtags são palavras-chave que são utilizadas no Instagram. Sua empresa pode pesquisar quais são as hashtags que mais combinam com o seu produto e/ou serviço, e utilizá-las nas postagens de fotos e vídeos.

Interessante combinar palavras direcionadas especificamente à seu produto, e também palavras que tenham um alcance maior de público, chamando mais a atenção e atraindo mais clientes em potencial para o seu perfil.

Atualmente, o instagram disponibilizou a inserção de vídeos com uma maior duração do que há 1 ano, que era de 15 segundos, e hoje são 30 segundos.

Para atrair mais clientes em potencial, além da postagem de fotos relacionadas ao seu negócio, grave vídeos curtos que despertem a curiosidade do seu cliente, pois esse é um grande recurso.

Aliar a postagem de um vídeo que desperte a curiosidade do cliente em potencial com um link externo da sua marca é uma estratégia de marketing muito boa para levar o seu cliente à conhecer mais do seu negócio fora do Instagram.

 

gerar-leads-com-o-instagram

 

Como saber a diferença entre um lead e um visitante no Instagram?

O Instagram possui uma infinidade de perfis em sua rede e muitos visitantes. Mas como a empresa consegue transformar um visitante em um lead?

O visitante é um usuário que está navegando pelos perfis no Instagram, mas que está apenas olhando, aparentemente sem nenhuma intenção de comprar algum produto e/ou serviço.

Esse visitante pode virar um lead, a partir do momento que ele visita um perfil comercial e se interessa pelo produto e/ou serviço oferecido.

Interessa-se em saber mais sobre a empresa, busca informações no Google, no site da marca, ou a visita também em outras redes sociais.

Para a empresa, é importante ter um monitoramento de como o perfil do seu negócio está no Instagram. A partir da métrica é possível levantar dados de quantas visitas o perfil recebeu, quantos clicks foram realizados em links disponibilizados, se houve alguma compra de produto e/ou serviço efetivado a partir do Instagram.

São dados muito relevantes, para a computação de como o cliente em potencial está enxergando a sua marca nessa rede social, e se esse lead foi convertido em cliente.

Investir em conteúdo relevante, imagens de alta qualidade, uma comunicação direta com o cliente via Instagram, são as peças fundamentais para que a sua empresa obtenha grandes números de lead e clientes efetivos.

Não se esqueça de que independente de ter captado um lead, a nutrição deve ser constante e assertiva para que ele tenha mais chances de se tornar seu cliente.

A nutrição do lead pode ocorrer diretamente no link externo que ele clicou no seu perfil no instagram.

Se for um link para o site da sua empresa, interessante haver um formulário de captação de dados do lead, onde ele deixará e-mail, com o objetivo de receber informações relevantes sobre o que a sua marca oferece.

Conseguir coletar o máximo de informações sobre o perfil de compras do seu lead é fundamental para conhecer e estabelecer um vinculo com ele.

Curtiu as dicas? Esperamos que elas te ajudem a trabalhar melhor as suas estratégias de Instagram. Ficou com alguma dúvida? Então venha conversar com a gente.

Desejamos lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

Dicas para criar uma página engajada no Facebook

Se você tem interesse em tornar o seu negócio presente nas mídias sociais, certamente já deve ter pensado em criar uma página no Facebook, não é mesmo?

Realmente, essa é uma ótima ideia, porém não basta, apenas, criar um perfil é necessário seguir algumas “regras” para que você consiga ter uma página engajada no Facebook, que tenha a capacidade de trazer novos clientes e estabelecer um vínculo maior com os já existentes.

Nós, do Mestre do Adwords, separamos algumas dicas para que você consiga criar uma página engajada no Facebook.

Vem com a gente?

 

criar-uma-página-no-facebook-para-sua-empresa

 

Como criar uma página engajada no Facebook?

A criação da página no Facebook é muito simples.  Primeiramente você precisa clicar no link a seguir: https://www.facebook.com/pages/create.php. A partir dele, o Facebook vai te mostrar algumas opções de tipos de páginas, são elas:

  • Empresa local
  • Empresa ou Organização
  • Marca ou Produto
  • Artista
  • Entretenimento ou Causa.

Com as opções dispostas, chegou o momento de você escolher qual melhor se adequa ao seu tipo de negócio. É importante que você saiba que dentro das principais categorias acima há subcategorias que se enquadrarão de maneira mais restrita ao seu ramo de atuação.

Por exemplo:

  • Ao escolher a categoria Empresa Local, aparecerá diversas opções de subcategorias que representam o “objetivo do seu negócio”.

Depois de feita essa escolha, basta que você escolha o nome da sua página e ela estará pronta.

Agora vamos diretamente às dicas que lhe ajudarão a criar uma página engajada no Facebook.

#1 – Alimentar as informações da página

Com a página criada, agora você deverá incluir foto de perfil e foto de capa. Interessante frisar que como a página é destinada ao seu negócio, nada melhor do que você colocar o logo da sua empresa como foto de perfil.

Na hora de definir a sua imagem de capa, atente-se para a qualidade da resolução, umas vez que a arte ficará bastante visível pelo seu tamanho dentro da diagramação da página.

Óbvio, assim como a foto do perfil, a de capa deve estar condizente com o seu negócio, de preferência transmitindo e fortalecendo a mensagem que o seu logo já entrega.

Outra boa opção é usar na sua capa o slogan, uma promoção ou algo que consiga dar ainda mais destaque ao perfil do seu negócio, chamando a atenção dos potenciais consumidores e clientes recorrentes.

A escolha das fotos é só o primeiro passo para começar a criação de sua página, você notará que a haverá outros campos para preenchimento e é muito importante que todos eles estejam o mais completos possíveis, afinal, esse será um meio de consulta de seus potenciais clientes com relação à sua marca, credibilidade e tudo mais.

O campo “Sobre” é um campo de preenchimento com informações referentes à sua empresa ou negócio. Você deverá fornecer Informações como:

  • Data de início da sua empresa.
  • Endereço e horário de funcionamento.
  • Qual a visão, missão e valor da empresa, entre outros.

 

social-media

 

#3 – Público Alvo

Na criação da página da sua empresa, o Facebook também apresenta a opção para você definir o público alvo.

Para a empresa que deseja alcançar um número maior de clientes em potencial, esse campo é de extrema relevância.

As definições de idade, gênero, localidade, estão presentes para preenchimento na hora da seleção do público alvo.

#4 – Call To Action

O botão Call To action, disponibiliza a função de criar ações na sua página. Ações essas como:

  • Ligar agora
  • Comprar agora
  • Enviar e-mail.

São ações que permitem que o cliente já interaja de imediato com a empresa. Direcionando-o para a ação de conversão.

Se for uma empresa no ramo alimentício, como um restaurante, por exemplo, o botão “ligar agora” facilita muito para o cliente entrar em contato com o local, além de gerar um retorno imediato para a empresa.

 

criar uma página engajada no Facebook

 

#5 – Postagens em horários fixos

Depois da criação da página no Facebook, com todas as informações relevantes para a apresentação do seu negócio, chegou a hora de alimentar a base.

A alimentação das informações, postagens, deve seguir uma estratégia de alcance do público alvo certo.

Na parte “painel do administrador” é possível você visualizar um gráfico, que te mostra o horário de maior “movimento” e interação em suas postagens na página do Facebook.

Com essa estatística, é possível você avaliar o horário de maior visualização, e então estabelecer como estratégia, as postagens de seu conteúdo nesse horário.

Dessa forma, você garante que seu conteúdo tenha um alcance maior. Importante também, que as postagens tenham uma frequência estabelecida de acordo com o seu objetivo. Lembrando que, um excesso de postagens desencoraja a leitura por parte dos clientes.

#6 – Resposta de comentários

Para que sua página no Facebook adquira credibilidade, é importante promover a interação entre o cliente e sua empresa. Quando o cliente postar algum comentário em alguma postagem da sua página, procure sempre respondê-lo o mais breve possível.

Essa característica demonstra a sua preocupação em atender bem o cliente, e traz o engajamento perfeito para a sua página.

#7 – Conteúdo em formato de vídeo

Seus clientes presentes no Facebook gostam de interagir e ficar antenados em relação às informações.

Textos e imagens são ótimos para apresentar novidades e realizar a divulgação dos produtos e/ou serviços oferecidos, mas os vídeos também estão em alta, e apresenta uma característica, um tom mais informal e divertido.

Proponha-se em realizar a postagem de algum conteúdo em formato de vídeo, mostrando para o seu cliente o produto de forma mais visual e interativa e, com certeza, terá um maior alcance e boas visualizações.

#8 – Sorteios via Facebook

Todo cliente adora participar de um sorteio, e porque não realizar um sorteio no Facebook?

Principalmente em datas comemorativas, como: Páscoa, Dia dos Namorados, Natal e Ano Novo. Afinal, as pessoas estão mais abertas a participar e interagir com esse tipo de ação de marketing nesses “momentos especiais”.

É importante que você fique atento às normas e regulamentos do Facebook para esse tipo de ação. Ok?

Dessa forma, você incentiva aos clientes a participarem do sorteio, de modo a divulgarem na rede social a sua página, e com isso aumentar o número de clientes em potencial.

É uma ótima estratégia, que terá um bom alcance, promovendo a sua marca no Facebook.

#9 – Fazer uma Live no Facebook

Muitos clientes tem interesse em conhecer um pouco mais sobre o seu negócio, sobre o cotidiano.

Você pode realizar uma live, diretamente da empresa, mostrando um pouco mais sobre os principais setores, como também os produtos em fabricação.

Lembre-se de divulgar na sua página o dia e horário da live, para que os clientes consigam acompanhar tudo.

Por hoje é isso! Esperamos ter lhe ajudado. Ficou com alguma dúvida? Escreva para nós.

Forte Abraço.

Retrospectiva 2016 (Erros de Gravação)

Desde o dia 1 de agosto venho postando um vídeo novo todo dia. Com isso, pude aprender muito e passar adiante o conhecimento.

Mas também nos divertimos.

Esse é um vídeo com um compilado dos “melhores momentos” aqui do canal em 2016.

Comente aqui o que achou.

 

FELIZ 2017… Mas Antes Um último Pedido

Quero aproveitar esse vídeo para agradecer você.

Deixo aqui meu muito obrigado a você que de algum modo me acompanha. Seja pelos vídeos no canal do Youtube ou no Facebook, leitor do blog, aluno do Conversão… por onde for, que de algum modo está junto comigo.

Me dedico todos os dias para de algum modo passar algo relevante para você. Que posso te agregar. Espero ter cumprido essa missão em 2016.

E agora gostaria de saber de você; com os conteúdos criados, ajudei você em algo? Como? E que tipo de conteúdo você gostaria de ver mais em 2017?

Estou contando com sua colaboração, hein.

No mais, ficam meus sinceros votos de boas festas e um feliz 2017 para você.

 

Como realizar Mídia Paga?

As empresas que têm interesse em uma melhor colocação de seus anúncios na internet podem recorrer à mídia paga.

A mídia paga é atualmente um dos recursos mais escolhidos por empresas de diversos segmentos, principalmente nas redes sociais como: Facebook e Instagram.

Por serem mídias sociais com números superiores a 400 milhões de usuários, à nível mundial, o Facebook e Instagram proporcionam a utilização de duas ferramentas para divulgação de produtos da sua empresa.

O Mestre do Adwords vai lhe apresentar abaixo as maneiras de realizar a mídia paga, e atrair clientes em potencial para sua empresa.

 

Como realizar Mídia Paga

 

Mídia Paga no Facebook?

Como sabemos, o Facebook é considerada a maior rede social do mundo. Nele se concentram o maior número de usuários, além de inúmeras possibilidades de obter leads através de estratégias de mídia paga.

Através do Facebook Ads, o seu negócio tem a possibilidade de escolher o próprio público alvo a ser atingido pelo anúncio. Essa segmentação do público alvo se dá através da inserção de dados demográficos, comportamentais ou informações de contato.

O Facebook também disponibiliza um formato de anúncio que é atrativo, flexível e funciona em qualquer dispositivo e em qualquer velocidade de conexão, se tornando uma ótima ferramenta.

Uma das grandes vantagens de anunciar no Facebook é o valor. O Facebook não possui valor mínimo para anunciar, ficando a cargo do anunciante escolher qual o valor, o orçamento disponível para veicular esse anúncio.

Para criar anúncios no Facebook, sua empresa deve acessar o site: www.facebook.com/ads/create

Através desse link, você consegue ter acesso ao painel de criação de anúncios do Facebook, sendo orientado desde a criação da sua campanha, escolha do público alvo, definição do orçamento, programação de anúncios e mais.

Importante frisar, que além da veiculação da mídia paga no Facebook, o seu anúncio pode se estender nas seguintes mídias sociais: Instagram e no Audience Network. Dois produtos incorporados à marca Facebook.

Dessa forma, através do Facebook Ads, o seu anúncio vai aparecer conforme o público alvo selecionado e delimitado por segmentações diferenciadas, como regionalidade, faixa etária, assuntos de interesse, gênero, entre outros, atraindo leads e gerando novos clientes.

 

realizar Mídia Paga

 

Mídia Paga no Instagram

Para a criação de anúncio pago voltada para o Instagram, o processo é semelhante ao do Facebook.

Sua empresa que tem interesse em veicular no Instagram, deve se atentar a dois pontos:

  1. É obrigatório ter uma página criada no Facebook.
  2. O direcionamento do anúncio para o Instagram é feito pelo Power Editor.

Com o acesso ao Power Editor, sua empresa conseguirá ativar o posicionamento do seu anúncio para o Instagram.

Você pode utilizar o mesmo anúncio já veiculado no Facebook, para também veicular no Instagram, ou então, criar um novo anúncio destinado apenas à plataforma de fotos.

Apesar de ser uma estratégia bastante assertiva, é preciso que você acompanhe de perto as métricas das suas campanhas de mídia paga, pois serão elas quem lhe dirão como está o desempenho dos seus anúncios perante o seu público alvo.

Acompanhamento diretamente com a URL fornecida pela ferramenta Power Editor, permite que você também monitore os comentários e acompanhe os resultados.

Mídia Paga no Youtube

Além do anúncio no Facebook e Instagram, muitas empresas estão recorrendo à veiculação de anúncios no Youtube.

Para anunciar no Youtube, o anúncio deve ser feito através do Google Adwords no formato de vídeo.

A escolha do orçamento também fica à seu critério, assim como a definição do público alvo e segmentação por idade, gênero e regionalidade.

O anúncio em formato de vídeo é veiculado antes de outros vídeos no Youtube, e, além disso, a sua empresa só pagará quando alguém interage com o vídeo. Ou seja, se o usuário não visualizar a sua campanha pelo período todo de veiculação, 30 segundos, ou se ele já ignorar de imediato, você não pagará nada.

Ao realizar o anúncio pago no Youtube, sua empresa conseguirá mensurar os resultados e acompanhamento no geral, através do Youtube Analytics, também podendo realizar quaisquer alterações para melhor desempenho.

 

Retorno-sobre-o-investimento-em-compra-de-midia

 

Mídia Paga no Google

O Google é o maior mecanismo de buscas na internet, e muitas empresas se aproveitam desse posicionamento para realizarem anúncios diretamente no Google.

Para que sua empresa consiga se utilizar da ferramenta Google Adwords, é necessário que haja cadastro no site do AdWords, ou então, que sua empresa possua uma conta de e-mail vinculada ao Google, o caso do Gmail.

Mais de 3 bilhões de pessoas no mundo, acessam o Google diariamente como buscador.  Com esse poder de alcance gigantesco, o seu anúncio tem a chance de alcançar um volume de visualização elevado, em questão da busca de assuntos relacionados ao seu negócio.

Por Exemplo:

  • Vamos imaginar que você tem um negócio que atua no segmento de beleza.
  • Seu público alvo em potencial realiza pesquisas no Google sobre produtos relacionados à área, como os cosméticos.
  • Então, você poderá escolher palavras-chave, como cosméticos, que estejam ligado ao seu segmento e ao interesse do público alvo para atrair leads e conquistar clientes.

Assim como no caso do Facebook Ads, o Google também trabalha com um orçamento aberto, significando que é você quem escolhe quanto quer investir.

Além disso, os valores só serão descontados de seu orçamento quando houver interações com seus anúncios, só que nesse caso, há um diferencial, pois essa interação gerada pelo usuário deve ser a ação de conversão que você escolheu na configuração da sua campanha.

Por exemplo:

  • CPC: Custo por clique.
  • CPM: Custo por mil exibições.
  • CPA: Custo por aquisição.

Entre outros.

Como você pôde perceber a mídia paga, independente, da ferramenta de utilização é muito importante para que você conquiste os objetivos traçados para o seu negócio.

Por mais que você esteja dando seus primeiros passos, por possuir um orçamento ajustável, a mídia paga pode ser uma excelente estratégia para o seu negócio, principalmente, por oferecer retornos mais rápidos e aparentes.

Vale a pena realizar alguns testes para identificar qual plataforma lhe dará mais retorno e, com isso, potencializar suas conversões.

É isso! Esperamos que você tenha curtido esse conteúdo. Ficou com alguma dúvida? Então venha conversar com a gente!

Desejamos-lhe sucesso sempre. Forte Abraço.

Certificação em Marketing Digital – Tudo que você precisa saber

Os profissionais que estão ligados direta ou indiretamente com o mundo da propaganda sabem que, atualmente, o marketing digital é uma das melhores e mais poderosas ferramentas para conquistar clientes.

O problema é que apesar de muitas empresas se interessarem e começarem a investir nessa área, poucas conseguem obter os resultados almejados.

Isso pode ocorrer por diversos fatores, tantos internos quanto externos, mas também, pode estar aliado à falta de capacitação na área.

Com a realização do curso e obtenção do Certificado em Marketing Digital, a sua empresa pode obter um ou mais profissionais qualificados para essa área de atuação e, consequentemente, mais chances de alcançar resultados melhores.

Vem com o Blog do Mestre do Adwords descobrir tudo!

 

Certificação em Marketing Digital

 

Como funciona a certificação?

O profissional que deseja obter a certificação em marketing digital terá como aprendizado os seguintes conteúdos:

  • Criação de Landing Pages
  • Publicação e Monitoramento de Conteúdo nas Mídias Digitais
  • E-mail marketing
  • Gestão de contratos
  • Aprendizagem em SEO e links patrocinados
  • Análise e otimização de conteúdo

Acima, podemos perceber que os conteúdos são bastante focados justamente em engajar e nutrir leads, o que é muito importante para a base da sua estratégia de marketing digital.

Claro, que além desse conteúdo que apresentamos, em seu modelo enxuto, os cursos que existem voltados para a certificação de marketing digital, também englobam a parte específica para cada rede social, por exemplo.

Estudos sobre os principais indicadores de desempenho, além do próprio conhecimento no Inbound Marketing, fazem parte do conteúdo de aprendizagem da certificação em marketing digital.

Quem pode tirar a certificação em Marketing Digital?

Como já citamos acima, os profissionais de uma empresa que têm interesse em investir, de alguma forma, no Marketing Digital não só podem, como devem procurar tirar a certificação.

Por outro lado, qualquer profissional ou estudante pode procurar uma cerificação em marketing digital, geralmente o público alvo desse tipo de “curso” é:

  • Estudantes da área de comunicação
  • Gestores de sites e mídias sociais
  • Empreendedores

Para quem está iniciando na carreira de marketing, como os estudantes, ou até mesmo quem gerencia um site ou perfis de redes sociais, além de empreendedores, podem buscar essa certificação como forma de alavancar os seus negócios.

Muitos que estão iniciando na carreira de marketing e estão em buscando um estágio ou emprego formal, conseguem perceber como as atualizações são constantes e necessárias na área do marketing.

O mais interessante é que entre os requisitos básicos para ocupar um cargo na área, como inglês intermediário-fluente, disponibilidade de horário, está também a certificação em marketing digital.

Sim, ele está sendo muito requerido ultimamente, devido à grande inserção de empresas nesse segmento virtual.

Dessa forma, para os estudantes que se interessam e queiram ingressar no marketing virtual, é necessária a capacitação profissional, voltada para esse ramo, através da obtenção da certificação de marketing digital.

As empresas que contratam profissionais ou estudantes de áreas comunicacionais prezam cada vez mais por pessoas que estejam atualizadas e com conhecimento comprovado em determinadas áreas.

 

marketing-digital

 

Além da Certificação

Além da obtenção da certificação, que atesta a capacitação profissional nesse ramo, é necessário que o profissional da área, esteja em constante atualização do mercado do marketing digital.

Cada vez mais, vemos o surgimento de novas plataformas de integração social na internet, como Snapchat, Periscope, todos muito utilizados como forma de divulgação.

Só que na maioria das vezes, não é simplesmente a plataforma que possibilita o alcance de cada vez mais conversões e sim as estratégias e ações de marketing criadas para cada uma delas, como por exemplo, as parcerias com influencers digitais.

Se formos analisar, essa é só mais uma opção de publicidade paga, trabalhada dentro de uma estratégia que gera leads e conversões de forma muito positiva quando bem feita.

Para a empresa que deseja aproveitar-se desse movimento, dessa alta inserção tecnológica, é necessário não apenas obter a certificação digital para o seu profissional, mas também, abrir portas para agregar conhecimento de outras formas.

Formas essas, que se baseiam em presença de eventos, cursos, networking, entre outras.

Como obter a certificação em Marketing Digital?

Com o crescimento desse mercado, atualmente, as certificações estão cada vez mais diversificadas.

O curso pode ser feito online via EAD ou então em escolas profissionais, presencialmente, além de cursos particulares oferecidos por agências digitais.

O interessado terá acesso à todo o conteúdo de aprendizagem em forma de apostila, vídeo-aulas, entre outros formatos, dependendo do curso escolhido, e conseguirá colocar em prática na própria aula todo o conteúdo aprendido na parte teórica.

Depois de todas as aulas, o “aluno” realizará uma prova para avaliar o seu conhecimento, e de acordo com a pontuação necessária, obterá o seu certificado em marketing digital.

 

certificacao-em-marketing-digital

 

Benefícios da Certificação em Marketing Digital

  • Entendimento do Mercado Digital
  • Economia de tempo para a escolha de conteúdos
  • Direcionamento claro, conforme objetivo da empresa.
  • Economia de recursos para a empresa
  • Estratégias mais assertivas
  • Diferencial no seu currículo

Desses benefícios, podemos concluir que não apenas o profissional capacitado estará trazendo consigo o benefício do conhecimento e direcionamento de conteúdo, mas sim a empresa também.

Poder economizar em tempo e investimento, quando se tem um ou mais profissionais com certificação em marketing digital, certamente é uma excelente opção.

A empresa poderá usufruir desses benefícios de forma a conseguir conquistar mais rapidamente o seu objetivo: gerar e nutrir leads, convertidos em vendas.

Tudo isso, será possível graças ao profissional que conseguirá juntamente com a equipe de marketing e setor de vendas, aliar toda a sua capacitação na área de marketing digital, na elaboração de estratégias, de como se comunicar da forma certa para com o seu público alvo.

Empresas que já aderiram à inclusão de profissionais capacitados perceberam grandes evoluções em um curto período de tempo.

Evoluções essas que permeiam a apresentação de conteúdo mais engajado, destinado corretamente ao público alvo, gerando leads, e posteriormente, a conversão de vendas.

Interessante frisar, que para o profissional que deseja se capacitar com a certificação em marketing digital, o investimento é de valor acessível, e pode ser encontrado em várias localidades do Brasil.

Ficou com alguma dúvida? Então escreva para nós, será um prazer poder lhe ouvir!

Desejamos-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí.

Forte Abraço.

 

 

 

5 formas de nutrir e engajar leads

Se sua empresa ou negócio já se inteirou da necessidade de estar presente nas mídias sociais, criando os perfis nas principais redes, é hora de saber como nutrir e engajar os leads!

Esses clientes em potencial, presentes na internet, são representados por milhões de pessoas no ambiente virtual. Dessas milhões de pessoas, certamente boa parte delas englobam o seu público alvo. O interessante da internet, é que além do alcance de divulgação do seu produto, o posicionamento de uma marca dita a relação que ela terá com seu público.

Quando seu negócio mergulhou nesse universo virtual, certamente foram criadas personas, representando os seus clientes, e direcionando todo o conteúdo para esse público.

Além disso, sua empresa tem à disposição ferramentas das principais redes sociais para criação e veiculação de anúncios conforme o seu objetivo.

Até ai, tudo bem… Sua empresa já obteve esse conhecimento e pode ter colocado em prática.

  • Mas você sabia que não basta apenas estar inserido no meio virtual e ter o seu público alvo delimitado?

É necessário que haja uma participação, interação com todo o conteúdo apresentado, sempre com a finalidade de gerar leads e, posteriormente, reverter em vendas.

Quer aprender como fazer isso de forma simples? O blog do Mestre do Adwords explica para você.

Vem com a gente nessa!

 

nutrir-leads-com-email-marketing

 

Nutrir e Engajar Leads

O próprio nome já sugere uma nutrição, alimentação de conteúdo para os seus leads. Os seus leads precisam ter interesse por esse conteúdo, logo, precisa ser algo que chame a atenção, e mais, que os motive a efetivar a conversão de acordo com seu objetivo.

Para tanto, algumas estratégias são elaboradas a fim de garantir uma boa nutrição para os seus leads. Separamos as 5 melhores para você!

 

1 – Conheça seu cliente

À primeira vista parece óbvio, mas não é.  O seu público alvo pode sofrer alterações, conforme os objetivos da empresa. Nesse caso, deve manter-se atualizado sobre o perfil do cliente, e perceber, se outros perfis, agora fazem parte do seu publico alvo.

Toda essa análise é feita através do conceito de Personas, e também do monitoramento nas redes sociais.

 

Customer care concept

 

2 – E-mail marketing

É uma das melhores formas de nutrir e engajar leads, trabalhando as duas vertentes.

Um exemplo claro dessa aplicação se dá na seguinte forma: Vamos supor que a sua empresa seja do ramo de cosméticos.  Um cliente em potencial achou o seu site no Google, e entrou para verificar sobre os produtos que vocês oferecem, mas não efetuou nenhuma compra. Porém, ao entrar no seu site, o mesmo apresentava um campo para inserção do nome e endereço de e-mail.  O cliente em potencial forneceu os dados e assim você acabou por gerar um contato para seu mailing ou seja, você acaba de gerar um lead.

Em uma estratégia bem posta, a sua empresa envia, automaticamente, um e-mail para esse lead, onde apresentam as ofertas e o convida para efetuar compra com desconto, válido para aquele momento.

Essa é uma forma muito inteligente de se apresentar ao seu potencial cliente, e oferecer novamente a chance dele efetuar compra, e de quebra obter um bom desconto.

Dentro do e-mail marketing, sua empresa ainda disponibiliza os links para acesso dos perfis da empresa nas mídias sociais.

Percebam, que na jogada do e-mail marketing, você já conseguiu o contato do cliente em potencial, através de uma visita ao site e ainda ofereceu produtos.

Dali para frente, a sua marca pode enviar conteúdos engajados para esse lead, sem ser classificado como SPAM.

 

nutrir-leads-com-webinars

 

3- Use o Facebook

Nutrição e engajamento de leads também funcionam muito bem no Facebook.  Se sua empresa já possui uma página dedicada à divulgação e atualização constante de conteúdo, já é um ótimo passo. Porém, a nutrição da página é fundamental para criar vínculos com o seu lead, engajando-o e levando à compra.

Textos curtos, mas chamativos e que passem a principal mensagem do que sua empresa pretende são essenciais para levar esse lead à outros links que façam parte da sua estratégia de marketing.

Exemplo: Informar no Facebook que os cosméticos estão com descontos de até 40%. Colocar link do seu site para o lead efetivar a compra.

Exemplo 2: Informar sobre quais cosméticos são indicados para os tipos de pele.

São conteúdos que levam ao interesse do seu público alvo, e os motivam a sempre estar em conexão com sua marca, seu produto.

 

4 – Faça uso do Instagram

O Instagram também é uma ferramenta muito boa para a sua empresa proporcionar a nutrição e engajamento de leads.

Com postagens de fotos e vídeos sempre muito interativos, sua empresa consegue despertar os sentidos do público alvo, levando-os a ativar a imaginação e desejo em conhecer mais sobre determinado produto ou serviço.

Importante também, relacionar à links externos, sempre levando-os ao site para efetuarem compras.

Segue o mesmo procedimento do Facebook, só que no caso se trabalham com imagens e vídeos.

Textos podem constar desde que sejam explicativos, mas que de certa forma agucem a curiosidade do seu lead, que o leve para conhecer mais da sua empresa, seu produto.

 

5 – Fidelidade ao Cronograma

Devemos lembrar que, todas as mídias sociais inclusas para nutrir e engajar o lead deve seguir um cronograma.

Excesso de informação nas mídias sociais pode causar desinteresse de seu público alvo, por isso é sempre bom delimitar quais serão as informações e campanhas disponibilizadas, quando e onde.

Todas as mídias tem o mesmo objetivo em comum: gerar lead, nutrir leads e convertê-los em venda.

Esse principio é básico e fundamental para que se alcance o sucesso. Porém, para cada mídia há uma linguagem específica e que deve ser respeitada.

Por exemplo: sua empresa resolve fazer um sorteio de um kit de cosméticos.  Sua empresa deve ter um cronograma bem definido, sobre as regras para o lead participar e em qual mídia social será veiculado esse sorteio. Se for no Instagram, devera restringir –se somente ao Instagram. O anúncio do sorteio pode ser feito nas demais redes sociais, como forma de nutrir e engajar o seu lead a participar no Instagram.

Entendemos então, que todas as mídias devem conversar entre si, focadas no objetivo comum.

Curtiu as dicas?

Agora está na suas mãos fazer acontecer…

Ficou com alguma dúvida? Mande para nós, adoraremos responder!

Te aguardamos em breve!